De ônibus pela Nova Zelândia

Ao voltar da Austrália, tive cinco dias para visitar a Nova Zelândia. Fiquei na Ilha Norte, onde desembarquei, em Auckland. Para explorá-la, comprei um pacote de quatro dias do Magic Bus (outra opção é o Kiwi Experience), que prometia parar nas principais cidades do caminho por quanto tempo eu desejasse. Boa alternativa para quem tem tempo livre. Mas não para aqueles que dispõem de poucos dias, como eu. Os ônibus chegam no fim da tarde e partem pela manhã. E mais: o comércio fecha às 17 horas. As paradas nas atrações do caminho me permitiram conhecer Rotorua e Taupo. Mas as praias de Mount Maunganui ficaram para a próxima. De lá, só vi o cinema.

Adriana Moreira, O Estado de S.Paulo

18 Maio 2010 | 02h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.