Dez resoluções para um ao novo viajante

10. Antes de marcar uma viagem, vou conferir se a época é recomendável. Por que desperdiçar tempo e dinheiro para pegar chuva, muvuca ou tudo fechado?

Ricardo Freire , O Estado de S. Paulo

31 Dezembro 2012 | 14h49

 

9. Nunca mais vou comprar a passagem antes de resolver todo o itinerário. Dessa maneira não vou arriscar gastar muito mais em passagens avulsas extras do que gastaria se tivesse emitido o itinerário completo.

 

8. Ao comprar passagem por impulso, vou procurar curtir o que existe naquele destino, em vez de usá-lo apenas como trampolim para outros lugares.

 

7.Vou ler resenhas sobre hotéis antes de fazer a reserva, não depois.

 

6. Vou parar de marcar compromissos importantes no primeiro e no último dia da viagem. Assim, viajarei muito menos estressado.

 

5. Vou aprender a viajar com uma mala média de quatro rodinhas. 

 

4. Não vou mais me prender a apenas um meio de pagamento no exterior. Levarei um pouco de moeda, habilitarei meu cartão de banco para saques internacionais e levarei um cartão de crédito e outro de débito recarregável, para não passar perrengue financeiro.

 

3. Não deixarei meu passaporte ficar com menos de 6 meses de validade. Não esperarei ter viagem marcada para fazer ou renovar o visto americano. Não esperarei até aparecer uma viagem para tomar a vacina contra febre amarela.

 

2. Farei programas turísticos com as crianças na nossa cidade – que não envolvam parques de diversão, McDonald’s ou pizzaria. Só assim aprenderemos a viajar juntos para lugares que não sejam nem resort, nem Disney.

 

1. Se estiver comprometido, uma viagem a dois, por mais curta que seja, será de lei (as crianças vão adorar ir para a casa dos primos ou dos avós). Se estiver avulso, não vou ter medo de viajar solo – é possível que acabe descobrindo que sou minha melhor companhia de viagem…

 

* Acompanhe o caminho do colunista pelo site viajenaviagem.com

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.