Dias de sol, areia e mar no paraíso chamado Tofo

O diamante mais valioso da costa moçambicana foi descoberto em 1986. Naquele ano, os primeiros turistas desembarcaram na Praia de Tofo, distante 500 quilômetros de Maputo, para mudar o cenário - e o destino - desse lugar paradisíaco.

Daniel Brito, O Estado de S.Paulo

18 Agosto 2009 | 02h27

 

Veja também

linkPraias e uma pitada de vida selvagem

linkNas profundezas do Índico com o inofensivo tubarão-baleia

linkKalahari de emoções

linkExtravagâncias em Sun City

Antes disso, Tofo era um matagal só. Suas falésias serviam de esconderijo para assaltantes de beira de estrada e grupos armados, que participavam da guerra civil. Era simplesmente um desperdício deixar essa joia em mãos erradas.

Foi quando surgiram os primeiros bangalôs, feitos de palha de coqueiro e toras de madeira, no topo das falésias. A chegada da civilização, por incrível que pareça, acabou afugentando a bandidagem. Hoje, Tofo é um circuito alternativo e completamente seguro.

É possível pagar R$ 25 para ficar em um simpático chalé do Fatima's Backpackers, a poucos passos do mar, mas sem banheiro no quarto. Só existe um hotel na região, o Tofo Mar, onde a hospedagem custa muito mais que isso. Quem quiser conforto por preço camarada tem de se deslocar 20 quilômetros até Inhambane.

O local é histórico: foi descoberto por Vasco da Gama, no século 16. Reza a lenda que o navegador português atracou sua caravela no local em um dia de temporal, e os nativos não paravam de gritar "inhambane", que significaria, no dialeto local, alguma coisa como teto ou proteção para chuva.

CAIA N'ÁGUA

O ideal é mesmo ficar em Tofo. A praia deserta de águas cristalinas parece existir apenas em sonho. O mar, ora agitado, ora tranquilo, é ótimo tanto para surfar quanto para mergulhar. Também é comum a pesca de lagostas e camarões de tamanhos acima da média. Eles estão à venda aos quilos no mercadinho, entre os coqueiros e as barracas de bebidas, frutas e verduras. Um quilo de lagosta pode custar o equivalente a R$ 10, dependendo da habilidade do negociador.

Na maré baixa, uma extensa faixa de areia branca forma piscinas naturais com água morna, perfeita para as crianças. Uma mãe ensina a filha de 3 anos a dar as primeiras braçadas. Um casal de namorados brinca com a areia, com metade do corpo submerso... É ou não o paraíso?

Tofo Mar: www.hotel-tofomar.com. Diárias a US$ 100 o casal

Fatima's Backpackers: www.mozambiquebackpackers.com

Mais conteúdo sobre:
Viagem África Tofo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.