Viagem

Do alto de sua herança

10/06/2014 | 02h07

PEDRO SIBAHI / QUITO , ESPECIAL PARA O ESTADO - O Estado de S.Paulo

Trujillo, no norte do Peru, exibe beleza colonial e abre portas para relíquias arqueológicas pré-incas

Trujillo, no norte do Peru, exibe beleza colonial e abre portas para relíquias arqueológicas pré-incas Foto: FÁBIO VENDRAME/ESTADÃO

Da costa do Pacífico à Cordilheira dos Andes, fui da metade do mundo a um universo de culturas milenares. Confesso, mal sabia o que me esperava ao embarcar rumo ao Equador, destino que, desde o ano passado, ganhou ligação direta com São Paulo graças ao voo sem escalas a Quito (às terças, quintas e sábados). Do país cortado pela linha imaginária que divide o planeta em dois hemisférios emendei o norte do Peru, área em que as civilizações anteriores até aos incas deixaram um mar de resquícios arqueológicos. Se valeu a pena? Ainda não parei de me surpreender.

A viagem, feita de ônibus, permitiu ver de perto as especificidades dessa região ainda tão pouco visitada por brasileiros.

Tudo bem que o Equador não faça fronteira, não seja exatamente vizinho do Brasil, mas chega a surpreender a nossa baixa frequência por lá. Em 2013, o país recebeu mais de 1 milhão de estrangeiros, dos quais apenas 1,4% brasileiros. E olha que a maioria deve ter ido a Galápagos. No máximo uma passadinha em Quito, a capital.

É verdade que o arquipélago é único e merece todo o destaque que recebe. Mas o Equador tem atrações interessantes para todos os perfis de turistas. A cultura local, um mosaico que mistura influências da colonização espanhola com as tradições de povos nativos e toques africanos, pode ser apreciada nos centros históricos de cidades como Quito e Cuenca, nas obras de arte e na culinária. A moeda oficial é o dólar, mas os preços acabam deixando os gastos similares aos de uma viagem pelo Brasil.

Para quem gosta de natureza, o país tem dezenas de vulcões, rios com corredeiras e reservas naturais. Tanto que no fim de 2013 o Equador ganhou o prêmio de melhor destino de turismo de natureza e vida selvagem do mundo, durante a World Travel Market, em Londres.

Assim como outros vizinhos dos Andes, o país é dividido em três regiões que se estendem de norte a sul e possuem características próprias: a ensolarada e festeira costa do Pacífico, as altitudes andinas e sítios arqueológicos no centro e a selva a leste - selva Amazônica, vale ressaltar.

Acertei ao esticar a viagem ao norte do Peru, região bem menos famosa que o sul do país, mas com um legado pré-incaico tão impressionante quanto as ruínas - estas, sim, incas - de Machu Picchu. Por lá também é possível curtir praias e se aventurar por altas montanhas. Uma base segura e com boa infraestrutura de serviços (hotéis e restaurantes, por exemplo) é a cidade de Trujillo. Surpresas (boas) não vão faltar.


Calendário

  • 27mai

    Horário de verão no Animal Kingdom

    A partir desse dia o parque Animal Kingdom, da Disney em Orlando, passa a fechar mais tarde, às 23 horas (era às 18 horas). A Árvore da Vida (Tree of Life) estreia nova iluminação e o Kilimanjaro Safari terá tours noturnos: bit.ly/aknoite; desde US$ 97.

  • 08mai

    Corrida pelo bem

    Com largada simultânea em Brasília e outras 33 cidades do mundo – veja lista em bit.ly/runwings– a corrida Wings for Life tem renda revertida para pesquisa da cura de lesão na medula espinhal. Inscrições: US$ 30

  • 06mai

    Festa do Divino

    Marcada pela cultura popular e por procissões, a festa do Divino Espírito Santo dura dez dias (até 15) e é forte em São Luís do Paraitinga (SP) e em Paraty (RJ), onde ganhou atá DJs. Mais: bit.ly/divinoparaitinga e bit.ly/divinoparaty.

  • 16mai

    Orgulho gay no méxico

    Receptiva ao turismo gay, Puerto Vallarta, no México, recebe até dia 30 o Vallarta Pride (vallartapride.com). Além do desfile no domingo (28), o evento terá festivais de música e cinema, além festas. Tudo grátis.

  • 20mai

    Jazz em Paraty

    Eumir Deodato, Rosa Passos e Thiago Espírito Santo são alguns dos artistas que se apresentam na Praça da Matriz, em Paraty, para as três noites de jazz, blues e soul do Bourbon Festival, até dia 22. Tudo grátis; bit.ly/viabourbon

  • 21mai

    festival Ver-o-Peso no Pará

    A atual culinária mais badalada do Brasil é celebrada em Belém no Festival Ver-o-Peso da Cozinha Paraense, batizado com o nome do mercado público. Até o dia 29, tem aulas, jantares com chefs e mais; bit.ly/viaveropeso

  • 25mai

    Festival das luzes em Jerusalém

    Com todas as atrações gratuitas e concentradas na área histórica, Jerusalém faz seu Festival de Luzes até 2 de junho, com projeções em locais como o Muro das Lamentações. Mais: lights-in-jerusalem.com

  • 25mai

    Cirque du Soleil na Broadway

    O Cirque du Soleil estreia seu primeiro show criado especialmente para a Broadway (broadwaycollection.com). Paramour é a história de uma atriz que tem de escolher entre um romance e sua arte. Desde US$ 55

  • 25mai

    Dança em Santos

    Até dia 29, o 3º Festival Internacional de Dança apresenta números de variados estilos no palco do Teatro Municipal Brás Cubas. Para os profissionais, haverá aulas especiais; fidifest.com.br

  • 26mai

    Festival do Pinhão

    Santo Antonio do Pinhal (SP) terá quatro dias de festival dedicado ao pinhão. Receitas com o ingrediente serão vendidas na Praça do Artesão, que terá também barraca de cerveja artesanal e shows; bit.ly/pinhaopinhal