Do chocolate às 'würsts', tudo orgânico

BERLIM - A culinária em Berlim vai muito além das würsts, as saborosas salsichas alemãs. Além de diversificar os ingredientes, a proposta é priorizar o que se produz o mais perto possível da cidade.

Lilian Venturini, O Estado de S.Paulo

23 Dezembro 2014 | 02h06

Nessa nova cena, entram restaurantes ligados à cozinha orgânica e também os espaços vegetarianos ou veganos. No Cookies Cream (cookiescream.com), nada de carne em um ambiente ao mesmo tempo minimalista e sofisticado. Entre os bem temperados pratos do menu sazonal, couve-flor com polenta, brioche de ovo de codorna e outras boas surpresas. O menu-degustação custa 39 euros.

No Herz und Niere (herzundniere.berlin), a filosofia é outra. Ali, come-se carne - e a ideia é aproveitar tudo o que o animal pode oferecer, "do nariz à cauda", como está escrito no cardápio. Você pode arriscar o menu-surpresa (de três a oito pratos, a partir de 36 euros) ou fazer a opção à la carte.

A proposta artesanal e sustentável também fundamenta o trabalho da chocolataria Wohlfath (wohlfarth-schokolade.de), sem esquecer o sabor. Há dezenas de variedades de chocolate, vendidos em barra, bombom, com licor e até em versão salgada. As barras custam, em média, 3,50 euros.

Mas, voltando às salsichas, elas também se encaixam nessa rota orgânica. No bairro de Charlottenburg, o slogan da Vom Eifachen das Gute (vomeinfachendasgute.com) é "artesanais, com respeito e responsabilidade". Só entram na casa produtos de fornecedores orgânicos, sem agrotóxicos, e onde os animais são bem tratados. Além de salsichas, queijos, molhos e vinhos complementam o cardápio do lugar.

Mais conteúdo sobre:
Berlim

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.