Encantos no quintal de Zé Colmeia

Com 9 mil quilômetros quadrados, o Parque de Yellowstone ganhou fama como lar do urso criado por Hanna & Barbera, que chega aos cinemas em 21 de janeiro

O Estado de S. Paulo,

20 Dezembro 2010 | 20h04

 

1) Grand Prismatic

A combinação de algas coloridas e a água alcalina provoca paisagens supercoloridas, como a encontrada na fonte Grand Prismatic. Ela foi a primeira de água quente a ser descoberta no parque, em 1839. É também a maior – tem 112 metros de diâmetro e sua profundidade chega a 37 metros.

 

2) Old Faithful

O Parque de Yellowstone possui cerca de 300 – ou 60% de todos os gêiseres encontrados no planeta. O mais famoso deles, o “Velho Fiel”, tem suas erupções entre 60 e 110 minutos. É possível checar a previsão do próximo evento no próprio parque. A água sai a uma temperatura de – acredite – 95 graus e chega a 56 metros de altura. O “show” dura entre 1min30s e 5 minutos.

 

Veja também:

Recorde de público e belezas exuberantes

 

3)Minerva Terrace

O lento depósito de bicarbonato de cálcio moldou os belos travertinos encontrados em Minerva Terrace. Durante quase 50 anos, a fonte de água parou de gotejar, deixando a área completamente seca. Em 1951, no entanto, Minerva voltou a entrar em atividade, dando à paisagem um ar inóspito e, ao mesmo tempo, encantador.

 

4) Lower Falls

Yellowstone também tem seu Grand Canyon, formado pela erosão do Rio Yellowstone. Em sua passagem pelo parque (o curso d’água percorre quase 1 mil quilômetros), ele forma conjuntos de cachoeiras que

encantam os visitantes em diversos pontos. São, ao todo, três grupos: as Lower Falls, que você vê na foto desta página, as Upper Falls e as Crystal Falls.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.