Entre uma cena e outra, a hora de 'mangiare'

Woody Allen fez sua parte escolhendo cenários que fogem do centro tradicional para compor o seu Para Roma com Amor. Cabe a nós ajudá-lo, portanto, com sugestões gastronômicas localizadas em tais bairros, essenciais para que seu roteiro de férias fique redondinho.

Bruna Tiussu, O Estado de S.Paulo

03 Julho 2012 | 03h11

Endereços saborosos ocupam as ruelas históricas de Trastevere. Aberto em 1860, o Piperno oferece massas tipicamente italianas - invista nelas. Mas somente depois de provar as flores de abobrinha fritas, um dos destaques da casa. Se estiver por lá durante o verão, abuse da sorte e tente uma mesa no terraço.

Se quiser algo mais informal, tente o Caffe del Cinque (Vicolo del Cinque 5), bar no cruzamento de cinco ruas. Vale em qualquer hora do dia: café da manhã, aperitivos à tarde e até um drinque à noite.

Para matar a sede em Garbatella, circule perto do histórico Teatro Palladium, onde encontrará o Foschi, bar que é principal ponto de encontro na região. Se o caso for matar a fome, o italianíssimo Ristoro degli Angeli está a poucos passos.

Ao visitar Rione Monte, vá com disposição para provar vinhos. Ali fica a concorrida adega Ai Tre Scalini, aberta desde 1895. Se não conseguir mesa, siga para o Charity Café e prove um aperitivo ao som de uma banda de jazz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.