Viagem

Especial de férias: ilhas do Mediterrâneo para curtir o verão europeu

Na sexta reportagem de destinos para as próximas férias, confira cinco lugares para fugir do inverno. Tem de lugar deserto a agitado

04/06/2015 | 00h00    

Renata Gallo - Especial para O Estado de S. Paulo

Em Santorini, inspiradoras casinhas brancas

Em Santorini, inspiradoras casinhas brancas Foto: Michael Perry /Reuters

Nas próximas férias, eu quero fugir para uma ilha paradisíaca. Se esse é o seu pensamento, então, chegou o momento. É alta temporada no Mar Mediterrâneo. É a chance de aproveitar a Europa para você que quer agito, natureza, cultura, ou tudo junto.

IBIZA

Agito de dia e à noite

Basta falar de ilha na Espanha para logo pensar em Ibiza e, em seguida, boates e festivais de música eletrônica. De fato, o calendário de festas da ilha fervilha de maio a setembro em clássicos da balada como Pachá, Space, Amnesia e DC10 e é lá onde se reúnem os jetsetters do mundo todo. Entre uma noitada e outra, vale explorar as ruas labirínticas do centro da vila, lindo e cercado por muralhas, e recuperar as energias em praias como Cala Jondal e Ses Salines. Ibiza faz parte do arquipélago espanhol das Baleares, cujas outras quatro principais ilhas são Formentera, Maiorca, Minorca e Cabrera.

FORMENTERA

A espanhola low profile

Para quem quer desfrutar do Mediterrâneo com mais calmaria, é melhor embarcar para esta última, a menor do arquipélago, aonde só se chega pelo mar, partindo de Ibiza. São 30 minutos para se deslumbrar com dunas e praias, bosques de pinheiros e se divertir em passeios de bicicleta e usufruir de um turismo mais sustentável. Formentera pode até ser chamada de novo point, mas que o termo não esteja relacionado a agito. Por lá, o estilo em voga é o low profile. A água transparente, em grande parte, deve-se à pradaria de posidonia, espécie de bosque submarino. Considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, a pradaria filtra e purifica o mar.

Ibiza. Famosa pela noite, também tem belas praias

Ibiza. Famosa pela noite, também tem belas praias Foto: Enrique Calvo/Reuters

SARDENHA

Itália: visual com boa comida

Poucos brasileiros se lembram que, sim, há vida bela além da costa italiana. Somadas a Amalfi, Portofino e Cinque Terre, há também paisagens deslumbrantes nas ilhas italianas do Mediterrâneo - e queijos, vinhos, licores, caviar, mel, aquela combinação italiana que é tudo de bom. Das principais cidades do país, há voos para a ilha da Sardenha, que conta com três aeroportos. Se o destino escolhido é a romântica Costa Esmeralda, número 1 dos turistas na Sardenha, opte por aterrissar em Olbia. De lá, de carro, escolha uma cidade como base, como Porto Cervo, o balneário mais chique da região, e passe dias de areia branca (coisa rara nas praias europeias), água cristalina e comida boa e farta. Entre as spiaggias, destaque para o mar de Del Principe e Capriccioli. Não deixe também de reservar um dia para um passeio de barco e um tour pelo Arquipélago La Maddalena, o preferido de muitos locais.

COMINO

A ilha deserta de Malta

Aquela descrição de ilha deserta talvez sirva para Comino, de apenas dois quilômetros quadrados e, oficialmente, menos de dez habitantes. A ilhota faz parte do arquipélago de Malta, no meio do Mediterrâneo, e fica a 90 quilômetros da Sicília e a 290 da África e, por seu lugar estratégico, já passou pelas mãos de diferentes civilizações, como árabes, romanos e ingleses até, em 1964, ganhar sua independência. Da última herança, o idioma, que junto com o maltês é o mais falado no arquipélago, e a mão inglesa. No verão, além de muitos estudantes da língua inglesa, que encontram em Malta um ótimo custo-benefício, a região recebe mergulhadores que sonham em explorar a Lagoa Azul de Comino. Para chegar lá, balsas partem de Malta e Gozo (a terceira ilha do arquipélago) ou, então, para uma experiência mais intensa, hospede-se no único hotel da ilha, o Comino Hotel, que só funciona de abril a outubro.

Paisagens deslumbrantes em Sardenha

Paisagens deslumbrantes em Sardenha Foto: Aryane Cararo/Estadão

SANTORINI

Mar azul-turquesa

A Grécia dos estereótipos, das casinhas brancas caiadas, dos telhados azuis e ruas cheias de flores, tem um endereço: Oia, vilarejo na ilha de Santorini. Próxima à Mykonos, a vizinha mais badalada e jovem, Santorini é um dos destinos mais concorridos do mundo e por dois bons motivos. As enseadas de mar azul-turquesa e o pôr do sol digno de foto no Instagram, sem filtro - todos os dias, por volta das dez horas da noite. Esse é o horário do rush nos restaurantes, já que por lá os dias são mais longos no verão. Aliada a paisagem, saladas, moussaka, favas secas, queijo feta, frutos do mar, vinhos, e o que mais você imaginar.

*Na reportagem de sexta-feira, 5, a última do nosso especial de férias, dicas de praias, compras e parques na Califórina e na Flórida.