Exclusividade em alto-mar

Suítes espaçosas, decoração primorosa e cardápio gourmet caracterizam as travessias customizadas

10 Novembro 2010 | 10h00

 

 

Cruzar os mares a bordo de um iate, com uma tripulação inteiramente ao seu dispor, não é algo possível apenas em obras de ficção como O Marinheiro de Gibraltar, de Marguerite Duras. Ou privilégio de quem possui um barco.

 

Operadoras brasileiras são capazes de ajudá-lo a realizar o sonho de um cruzeiro particular: você pode escolher do destino de partida ao cardápio gourmet, em iates que se assemelham a luxuosos hotéis flutuantes. Tal exclusividade tem lá seu preço - e ele não costuma ser baixo.

 

O início da jornada pode ser na Croácia, na África do Sul, na Turquia ou no Mediterrâneo. A operadora se encarrega de levar o barco até lá. Durante o verão brasileiro, a Regatta Charter, por exemplo, vai alugar sua frota no Caribe. São três tipos de embarcações: veleiros, catamarãs e iates a motor. Um dos mais confortáveis, o iate australiano Yacht La Dea, conta com cinco suítes e tem capacidade para levar 11 pessoas, além da tripulação.

 

Entre as mordomias, jacuzzi no deque, TV a cabo, um jet ski, dois caiaques, esqui aquático e wakeboard. Mas o melhor é que sua viagem será totalmente personalizada antes da partida, do roteiro às escalas, da comida à carta de vinhos. Alugar o iate custa a partir de US$ 93.600 por semana, com tudo incluído, menos as gorjetas.

 

Já a Tereza Ferrari, dedicada a viagens de luxo, oferece barcos em costas deslumbrantes, como a do Mediterrâneo. Apesar do inverno no Hemisfério Norte nos próximos meses, é possível fazer uma travessia em águas um pouco mais quentes, seja na Turquia ou Grécia.

 

Onassis. O trajeto é feito a bordo de um barco mais do que especial: o iate que pertenceu ao bilionário grego Aristóteles Onassis. Batizada como Christina O., em homenagem à filha dele, a glamourosa embarcação está entre os maiores catamarãs do mundo, com 100 metros de comprimento e 18 cabines. E pode transportar até 36 pessoas.

 

"É mais do que um iate de luxo. Trata-se de um lugar onde se reúnem a história e a lenda de navegar pelos mares em uma propriedade flutuante de cinco-estrelas", justifica Tereza Ferrari, diretora da empresa. O preço? Cerca de 450 mil por semana, sem contar as despesas extras com alimentação e taxas. Há outras opções bem mais em conta, como um barco de duas cabines, capaz de receber até quatro pessoas, por 3.500 ao dia.

 

Já a Queensberry representa no Brasil os barcos exclusivos da The Moorings, em destinos como Tailândia, América do Norte, Polinésia Francesa e Nova Zelândia. Os preços são sob consulta. Para quem pode custear tal exclusividade, a experiência promete.

 

 

Vale a viagem

Destinos cobiçados como a Polinésia Francesa e o Alasca estão na rota dos cruzeiros de alto luxo. Nessas embarcações, a  palavra glamour ganha pleno sentido. Estamos falando em ambientes requintados, com poucas e espaçosas cabines e serviço exclusivo. Os hóspedes também têm mais liberdade para aproveitar as escalas e para escolher o horário de fazer as refeições. Confira algumas das principais companhias.

 

1 Paul Gauguin Luxury Cruises

Assim como o pintor-viajante, a companhia navega entre Taiti e Ilhas Marquesas - com ambientes inspirados nas obras de Gauguin. As cabines têm até 55 metros quadrados, com hidromassagem. Site: pgcruises.com ou na Be Happy.

 

 

 

2 Silversea

Os navios são menores e chegam a locais onde outros não conseguem aportar. O maior da frota comporta 540 hóspedes. Luxo, liberdade para participar ou não dos eventos e serviço primoroso marcam as viagens a vários continentes. 

 

3 Cunard

A rainha Elizabeth participou de cerimônias a bordo. O navio que a homenageia tem ambientes inspirados nos anos 1930 e 1940, e imagens da monarca. A frota é uma das mais glamourosas do mundo, com destinos variados e volta ao mundo.

 

4 Seabourn

Eleita a número 1 em cruzeiros de barcos pequenos na última Condé Nast, oferece iates luxuosos para até 450 pessoas, que navegam por todos os continentes. O serviço é um destaque, assim como a gastronomia assinada por Charlie Palmer. 

 

5 Celebrity Cruises

Alguns dos enormes navios têm até gramado no convés, além de obras de arte originais e mimos como chá da tarde servido na suíte. Os destinos são variados e incluem Galápagos, Havaí e Alasca. 

 

6 SeaDream

Não há noites formais nos dois iates para 112 passageiros cada. Mas programas como cinema no convés e degustar champanhe e caviar na praia. Spas, jacuzzi e massagens completam o cardápio romântico.  

 

 

 

De catamarã entre Parati e Angra dos Reis

 

Também há opções em nosso litoral. A Latitude Charter, por exemplo, oferece dois barcos que navegam por Parati, Angra dos Reis e Ilha Grande. O mais luxuoso é o catamarã francês Bahia 46, que comporta seis passageiros em quatro suítes. Entre as regalias, há uma grande rede a bordo para tomar sol e observar os golfinhos da costa. E um bote à disposição. Tudo é sob medida: o cliente escolhe se quer parar mais para fazer trilhas, curtir as praias ou velejar. Um chef acompanha os passageiros nos dois barcos. O aluguel custa R$ 3.850 por dia, incluindo serviços e refeições.

 

 

Veja também:

 

linkSol, mar e mordomias a preços camaradas

linkHospedagem para as férias, em dois cliques

linkRenaissance Curaçao: um modelo a copiar

linkUma visita aos gabrovanos

link Reflexo moderno

link De museus a prédios históricos, cinco atrações imperdíveis

linkNos passos de Barack Obama

blog Blog. Dicas e bastidores das viagens da nossa equipe

blog Twitter. Notícias em tempo real do mundo turístico

 

Mais conteúdo sobre:
viagem iate

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.