Explore o fundo do mar. E saia seco

Mesmo sem roupas de neoprene ou snorkel, é possível conhecer belezas submarinas. Do tecnológico Navi, que acabou de atracar em Noronha, aos aquários do litoral paulista

O Estado de S. Paulo,

17 Abril 2011 | 07h00

Quer observar a beleza e a tranquilidade da vida subaquática, mas não está disposto a encarar um mergulho? Acredite: é possível acompanhar cardumes, arraias e avistar corais coloridos sem se molhar.

 

Fernando de Noronha

No recém-inaugurado Navi, barco dotado de tecnologia militar russa, é possível explorar o fundo do mar do arquipélago de Fernando de Noronha sem o uso de snorkel ou cilindro de oxigênio. Graças a uma lente de aumento instalada no fundo do casco, o navegante pode enxergar com nitidez todas as belezas subaquáticas da região, como corais, tartarugas e golfinhos. Além disso, o barco também chama a atenção pelo design futurista, semelhante a uma nave espacial. O passeio de uma hora no Navi custa R$ 150. Informações no Museu do Tubarão (81) 3619-1365.

 

Aruba

No Atlantis Submarine, que navega a uma profundidade de 40 metros abaixo da superfície caribenha, barracudas, tartarugas e pequenos tubarões se exibem para os turistas nas janelas laterais da nau. O submarino fica estacionado em uma plataforma no meio do oceano. Para chegar até ele, só mesmo de barco, já incluído no roteiro. O custo do passeio, que dura quase duas horas, varia entre US$ 49 (para crianças) e US$ 99 (para adultos). Site: atlantisadventures.com/Aruba.

 

 

 

 

 

 

 

Santos e Guarujá

Em terra firme, e perto de São Paulo, os aquários de Santos (foto) e do Guarujá são boas opções (especialmente para as crianças) para ter o primeiro contato com a vida marinha. O de Santos é o mais antigo do Brasil: inaugurado em 1945 e reformado em 2006, tem, divididos em 30 tanques, 4 mil animais, entre tubarões, arraias e pinguins. O ingresso custa R$ 5; informações: (13) 3236-9996. No Guarujá, o Acqua Mundo exibe um tanque de 800 mil litros, repleto de tubarões e grandes cardumes. Ao todo, conta com 8 mil animais. Entrada a R$ 25 (adultos) e R$ 15 (crianças). Telefone: (13) 3398- 3000.

 

 

 

 

 

Cairns

Porta de entrada para a Grande Barreira de Corais, na Austrália, a cidade esbanja organização nos tours para alto-mar. Não faltam opções de barcos - alguns, como o Passion of Paradise, oferecem passeios diferenciados, como os glass boats, que têm o fundo de vidro. Por causa da proximidade dos corais, nem é preciso descer da embarcação para observar a rica vida marinha local. O passeio dura 30 minutos e os preços começam em US$ 139. Informações: www.passions.com.au.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.