Divulgação
Divulgação

Fé nas alturas: Bíblia está entre os livros mais esquecidos em aviões

Segundo levantamento da British Airways, 500 livros e 1.400 kindles são abandonados nas aeronaves a cada ano; veja a lista completa 

Estadão Conteúdo

05 Agosto 2015 | 15h48

O hábito de ler durante um voo pode ter muitas finalidades e motivos: conhecimento, entretenimento, reflexão... E fé. Segundo um levantamento feito pela companhia aérea inglesa British Airways, a Bíblia corresponde a 6% do total de livros esquecidos por passageiros dentro dos aviões anualmente.

A pesquisa revelou que cerca de 500 livros e 1.400 kindles (um leitor de livros digitais) são deixados para trás a cada ano. Pelos títulos das publicações, dá para ter uma ideia do gosto literário dos passageiros: a maioria prefere romances (22%). Contos policiais, livros didáticos, guias de viagem, não-ficção, negócios e economia vêm logo em seguida.

Sucesso como adaptação para série de TV, Game of Thrones, escrito por George R. R. Martin, liderou o ranking dos livros mais esquecidos entre abril e julho deste ano. Já Cinquenta Tons de Cinza, de E. L. James, ocupa a 2ª posição, seguido por A Garota do Trem, de Paula Hawkings.

Dentro da seção das biografias, os esportistas têm levado a preferência dos "lidos e abandonados na poltrona". Quem lidera a lista é a ex-Secretária de Estado dos Estados Unidos Hillary Clinton, mas o inglês Lewis Hamilton, piloto de Fórmula 1, e Roger Federer, tenista suíço, aparecem logo depois.

Mais conteúdo sobre:
livros bíblia avião

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.