Viagem

Feriadão de carro? Pense na Barra

Envie sua pergunta para viagem.estado@estadao.com

18/04/2017 | 03h00    

Ricardo Freire - O Estado de S.Paulo

Na Ilha de Gigoia dá para se sentir longe da cidade grande, mas ainda é Rio de Janeiro

Na Ilha de Gigoia dá para se sentir longe da cidade grande, mas ainda é Rio de Janeiro Foto: Ricardo Freire/Estadão

A 440 km de São Paulo, a Barra da Tijuca é uma grande opção para um feriadão razoavelmente econômico na praia, indo de carro, com alternativas de diversão se o tempo virar. 

 

Hospedagem em conta. Para os dois próximos feriados ainda se encontram tarifas de R$ 300 em quatro-estrelas à beira-mar como o Laghetto Barra (com café) e Mercure Barra (sem café). O super cinco-estrelas Grand Hyatt, um resort autossuficiente, tem tarifas desde R$ 550 (sem café). Quem se dispuser a ficar em Jacarepaguá, na região do Parque Olímpico, encontra diárias de R$ 200 em hotéis novinhos como o Venit Barra. 

 

Praia sem neura. As praias da Barra oferecem maior sensação de segurança que as da Zona Sul. Chegue cedo para estacionar nas praias selvagens da Reserva, Prainha ou Grumari. Ou aproveite os beach lounges da Praia do Pepê, como o Clássico, o K08 ou o Skipper. Para almoçar, vá ao quiosque Atlântico, no início da Praia do Pepê (à altura da Rua Tenente Airton Pereira), que tem drinques superiores e peixe sempre fresco. 

 

Shoppings gourmetizados. No Rio Design Barra, experimente o rodízio ao contrário da CT Boucherie, da família Troigros. No novíssimo Vogue Square, aproveite as delícias do Filho da Mãe, filial do mais tradicional português de Niterói. Pegue o Elevado do Joá para ir até São Conrado para conferir o menu-degustação de Felipe Bronze no Pipo, sua casa mais acessível, no Fashion Mall. 

 

Burle Marx e Gigoia. De terça a sábado, o Sítio Roberto Burle Marx, onde viveu o grande paisagista, oferece visitas guiadas às 9h30 e 13h. Agende a sua (21-2410-1412). Já a Ilha da Gigoia é o nome popular de um arquipélago na Lagoa da Tijuca onde você se sente a léguas da cidade grande. Pegue um barquinho (R$ 5) em frente ao metrô Jardim Oceânico e peça para ser levado ao Bar do Cícero.

 

Boulevard Olímpico de metrô e VLT. Deixe o carro no GêPark do Barra Point, em frente à estação Jardim Oceânico do metrô. Encontre a máquina do Rio Card (a única que vende cartões válidos tanto no metrô quanto no VLT). Compre cartões para toda a família (R$ 3), carregados com mais R$ 16,20 cada. São 32 minutos até a estação Cinelândia, mais 10 minutos de VLT até a estação Parada dos Museus. Se quiser visitar o Museu do Amanhã ou o AquaRio, compre ingresso online.

 

Atalho pela TransOlímpica. Para chegar mais rápido, passe reto pela entrada da Linha Vermelha. Siga pela Avenida Brasil na direção de Santa Cruz por 14 km, daí, pegue a nova via TransOlímpica, que leva direto até a orla da Zona Oeste.