Honduras

Enquanto Zelaya permanece na embaixada brasileira em Honduras, os brasileiros não saem da Calle Honduras, em Palermo Soho, Buenos Aires. Compram acessórios na Mercería (no 4.799), cadernos na Papelería Palermo (no 4.799), óculos na Abrí los Ojos (esquina com Thames) e presentes na Tienda Palacio (no 5.272). Almoçam no Social Paraíso (no 5.182) e jantam no Dominga (no 5.618). E podem se hospedar no Five Cool Rooms (no 4.742), no Soho All Suites (no 4.762) ou no Home (no 5.860).

O Estado de S.Paulo

20 Outubro 2009 | 03h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.