Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Japão: roteiro via Dubai

Envie sua pergunta para viagem.estado@estadao.com

Ricardo Freire, O Estado de S. Paulo

04 Outubro 2016 | 03h10

Viaje na pergunta!

Tenho 15 dias livres em novembro e estou pensando em ir ao Japão via Dubai. Pode me ajudar no roteiro? 

(Antonio, Limeira/SP)

Antigamente o caminho para a Ásia era feito via Johannesburgo, Europa ou Los Angeles. Desde a chegada das companhias aéreas do Golfo Pérsico, porém, viajar à Ásia via Dubai, Abu Dabi ou Doha ficou irresistível. Primeiro porque é uma oportunidade de experimentar um serviço de primeira até na classe econômica. E depois porque dá para aproveitar a escala para “ticar” um destino que provavelmente não justificaria uma viagem específica, mas que pode ser explorado em alguns dias.

Três dias em Dubai é tempo suficiente para entender o mais espetacular oásis (de vidro e ar condicionado no talo) construído pelo homem. Tire o visto de trânsito na chegada, que dá direito a 96 horas de permanência. No primeiro dia, faça o city tour no ônibus de dois andares – é um jeito divertido de aprender a se localizar (e de tirar boas fotos do segundo andar); aproveite para descer em Deira, o coração “histórico” de Dubai. Compre seu ingresso ao mirante do Burj Khalifa com antecedência para conseguir desconto (e vá de dia: à noite não tem graça). O passeio de jipe às dunas é menos emocionante que o de Genipabu, mas tem um desfecho muito mais bacana, com jantar e show de dança do ventre num acampamento no deserto. Tire um dia para ir a Abu Dhabi visitar a Mesquita do Xeque Zayed e dar uma passadinha no Ferrari World (dá para ir de tour organizado ou de táxi).

 

Descontando os deslocamentos, sobram 10 dias inteiros no Japão. A melhor estratégia é comprar uma passagem multidestinos, com ida a Osaka e volta de Tóquio (ambas têm rotas diretas desde Dubai pela Emirates). O aeroporto de Osaka está a apenas uma hora de Kyoto, a cidade que melhor entrega aquele Japão que temos na cabeça. Três noites em Kyoto proporcionam o início mais auspicioso de viagem. 

Compre antes de viajar um Japan Rail Pass de 7 dias (uma pechincha de 282 dólares que dá direito a usar qualquer trem, inclusive os trens-bala). Valide no último dia de Kyoto para fazer um bate-volta à cidade imperial de Nara (40 minutos).

Siga a Hiroshima (1h30, uma noite) e depois a Himeji, onde está o mais belo castelo japonês (1 hora, uma noite). Prossiga a Hakone (4 horas, uma noite), para fazer o circuito de trem, barco e teleférico que oferece a melhor vista para o Monte Fuji.

Passe as últimas cinco noites em Tóquio (1 hora de Hakone); aproveite enquanto o Japan Rail Pass estiver válido para um bate-volta a Nikko (2 horas). Veja horários de trem em hyperdia.com/en.

CURIOSIDADES E PONTOS PARA CONHECER NO JAPÃO

 

Mais conteúdo sobre:
Japão Dubai Emirados Árabes Ásia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.