Viagem

Menos navios, mais roteiros na temporada

Empresas focam em viagens de 3 e 4 noites de olho no público corporativo e nos cruzeiristas iniciantes

25/08/2014 | 22h42

O Estado de S. Paulo

MSC Poesia. O único estreante em águas nacionais nessa temporada

MSC Poesia. O único estreante em águas nacionais nessa temporada Foto: Divulgação

Com nove navios, mesmo número de quase uma década atrás, e apenas um estreante em águas nacionais, o MSC Poesia, a temporada 2014/2015 de cruzeiros no Brasil começa em 4 de novembro, com a chegada do Pullmantur Empress, em meio a reivindicações do setor por melhorias em infraestrutura e nas regras de operação. O Empress será também o último a partir, encerrando a alta estação em 2 de maio. 

A última vez que a costa brasileira teve número tão pequeno de embarcações foi no verão de 2005/2006. As armadoras afirmam que as dificuldades de operação por aqui são responsáveis pelo encolhimento do setor, que vem ocorrendo há quatro temporadas, se for considerado o número de navios, ou três, somando o total de passageiros. 

O melhor momento do mercado de cruzeiros no País foi registrado nos verões de 2010/2011, com 20 embarcações e mais de 792 mil passageiros, e 2011/2012, quando 805 mil viajantes embarcaram em 17 navios. O impacto econômico da temporada mais recente, R$ 1,15 bilhão, foi 17,9% menor do que o de 2010/2011. “São três fatores principais. O custo Brasil, que torna a operação mais cara que no resto do mundo, a infraestrutura precária, com poucos portos organizados e equipados, e a falta de clareza nas normas tributárias e trabalhistas”, diz o presidente da Clia Abremar no Brasil, Roberto Fusaro. 

A entidade reúne as operadoras de cruzeiros e faz o levantamento dos números – mas considera também embarcações que só passam pelos portos brasileiros para que os passageiros passeiem, mas não têm embarque de novos cruzeiristas em paradas nacionais. Na próxima temporada, este será o caso do MSC Magnifica, com base em Buenos Aires e paradas brasileiras em seu caminho, que é considerado pela Clia Abremar como o décimo navio da temporada brasileira, diferentemente até da própria MSC, que não coloca a embarcação na conta das nacionais. 

De olho nos iniciantes. O total de passageiros previstos pela Clia Abremar para esta temporada (640 mil, a ser consolidado no fim do verão) é quase o triplo daquela de 2005/2006, quando 225.178 pessoas embarcaram nos portos brasileiros.

Para o viajante, esta informação é importante: mais passageiros em idêntico número de embarcações significa que as empresas estão apostando mais em minicruzeiros, de 3 e 4 noites principalmente, e reduzindo as opções de viagens de longa duração, entre 7 e 10 noites. Também por este motivo, o número de roteiros cresceu em relação à temporada passada, nas contas da Clia Abremar: foram 230 saídas em 11 navios em 2013/2014; serão 239 na estação que começa em novembro próximo. 

“Minicruzeiros são estratégicos para as operadoras porque ajudam a fazer crescer o mercado, atingem um público que tem menos tempo para viajar ou não sabe se vai gostar de passar uma semana inteira a bordo”, diz Fusaro. “E também para as viagens de incentivo e eventos do mercado corporativo.” Ou seja, as companhias estão de olho nos novatos. E também em reunião e festa de empresas a bordo. 

Mesmo com problemas, a temporada brasileira tem atraído a atenção de estrangeiros. Segundo levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas para a Clia Abremar, 113.341 mil cruzeiristas estrangeiros embarcaram nos navios da temporada no País no verão 2013/2014, o que representa 19% do total de 596 mil viajantes. A pesquisa anterior, de 2010/2011, encontrou 12,6% de estrangeiros entre os passageiros dos navios pelo litoral do Brasil.

Aceleração. O Ministério do Turismo quer garantir que os portos construídos ou reformados para facilitar o escoamento da produção agroindustrial nacional, previstos no PAC (Programa de Aceleração do Cresciento) dos Portos, incluam a possibilidade de um terminal turístico privado. Santa Catarina, Bahia e Rio de Janeiro estão no horizonte próximo, segundo o ministro Vinicius Lages. 

Lages considera “irrelevante” a redução no número de leitos em navios da temporada passada para esta. Para ele, a diminuição de 648 mil para 640 mil leitos “não afeta a imagem” dos cruzeiros brasileiros. “Estamos com boa procura de estrangeiros e queremos crescer ainda mais. Nossa aposta é que o setor poderá se recuperar rapidamente”, diz. 

Calendário

  • 06mai

    Festa do Divino

    Marcada pela cultura popular e por procissões, a festa do Divino Espírito Santo dura dez dias (até 15) e é forte em São Luís do Paraitinga (SP) e em Paraty (RJ), onde ganhou atá DJs. Mais: bit.ly/divinoparaitinga e bit.ly/divinoparaty.

  • 08mai

    Corrida pelo bem

    Com largada simultânea em Brasília e outras 33 cidades do mundo – veja lista em bit.ly/runwings– a corrida Wings for Life tem renda revertida para pesquisa da cura de lesão na medula espinhal. Inscrições: US$ 30

  • 16mai

    Orgulho gay no méxico

    Receptiva ao turismo gay, Puerto Vallarta, no México, recebe até dia 30 o Vallarta Pride (vallartapride.com). Além do desfile no domingo (28), o evento terá festivais de música e cinema, além festas. Tudo grátis.

  • 20mai

    Jazz em Paraty

    Eumir Deodato, Rosa Passos e Thiago Espírito Santo são alguns dos artistas que se apresentam na Praça da Matriz, em Paraty, para as três noites de jazz, blues e soul do Bourbon Festival, até dia 22. Tudo grátis; bit.ly/viabourbon

  • 21mai

    festival Ver-o-Peso no Pará

    A atual culinária mais badalada do Brasil é celebrada em Belém no Festival Ver-o-Peso da Cozinha Paraense, batizado com o nome do mercado público. Até o dia 29, tem aulas, jantares com chefs e mais; bit.ly/viaveropeso

  • 25mai

    Festival das luzes em Jerusalém

    Com todas as atrações gratuitas e concentradas na área histórica, Jerusalém faz seu Festival de Luzes até 2 de junho, com projeções em locais como o Muro das Lamentações. Mais: lights-in-jerusalem.com

  • 25mai

    Cirque du Soleil na Broadway

    O Cirque du Soleil estreia seu primeiro show criado especialmente para a Broadway (broadwaycollection.com). Paramour é a história de uma atriz que tem de escolher entre um romance e sua arte. Desde US$ 55

  • 25mai

    Dança em Santos

    Até dia 29, o 3º Festival Internacional de Dança apresenta números de variados estilos no palco do Teatro Municipal Brás Cubas. Para os profissionais, haverá aulas especiais; fidifest.com.br

  • 26mai

    Festival do Pinhão

    Santo Antonio do Pinhal (SP) terá quatro dias de festival dedicado ao pinhão. Receitas com o ingrediente serão vendidas na Praça do Artesão, que terá também barraca de cerveja artesanal e shows; bit.ly/pinhaopinhal

  • 27mai

    Horário de verão no Animal Kingdom

    A partir desse dia o parque Animal Kingdom, da Disney em Orlando, passa a fechar mais tarde, às 23 horas (era às 18 horas). A Árvore da Vida (Tree of Life) estreia nova iluminação e o Kilimanjaro Safari terá tours noturnos: bit.ly/aknoite; desde US$ 97.