México celebra cultura maia até novembro

A cidade colonial de Mérida, capital do estado mexicano de Yucatán, promove até 3 de novembro a 2.ª edição do Festival Internacional da Cultura Maia. Neste ano, o evento reúne cerca de 2 mil artistas locais e convidados de 30 países. Grande parte das atrações é gratuita e realizada em espaços a céu aberto.

O Estado de S.Paulo

22 Outubro 2013 | 03h15

Além de shows musicais, o evento oferece palestras, exposições e workshops sobre a ancestral cultura maia - e também peças de teatro, apresentações de dança e muita gastronomia.

É a oportunidade de provar receitas emblemáticas da culinária nativa, como o pibil - um tipo de tamal (pamonha salgada) assado debaixo da terra. Trata-se de um prato ritualístico, saboreado apenas em ocasiões especiais pelos soberanos maias. O tamal é recheado com carne de frango ou porco desfiada, envolto em folhas de bananeira e enterrado sob pedras quentes. Três horas depois é retirado e servido. Mais sobre o festival: ficmaya.com.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.