Misticismo em meio ao cerrado goiano

Onde fica

O Estado de S.Paulo

03 Julho 2012 | 03h10

A aura bicho grilo ainda toma conta de Alto Paraíso de Goiás, a 229 quilômetros de Brasília e a 428 de Goiânia, município mais bem equipado no entorno do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO). Também é interessante se hospedar em São Jorge, cidadezinha que oferece várias opções de pousada e se encontra bem perto da entrada do Parque Nacional. Assim como em Alto Paraíso, guias podem ser contratados ali.

Principais atrações

Para além do misticismo que envolve a região, cânions e cachoeiras fazem a fama da Chapada dos Veadeiros. Os mais procurados são os saltos do Rio Preto, acessíveis por trilhas leves e bem sinalizadas a partir da sede do parque. Mesmo assim, opte sempre por ter a companhia de um guia.

Os caminhos costumam ser rústicos, por isso, para curtir a maioria das quedas d'água recomenda-se o uso de um veículo 4X4. Com alguma experiência e bom preparo físico, é possível praticar canyoning nos Vales do Rio Macaco e do Rio Macaquinho. A fauna da região registra a presença de lobos-guarás, veados-campeiros, emas, urubus-reis e tamanduás-bandeira, entre outros. Apesar de tal riqueza animal, é bastante raro ter a sorte de avistá-los - até porque são espécies consideradas ameaçadas de extinção.

Não

deixe de...

O Vale da Lua, o Encontro das Águas e as Cachoeiras das Almécegas ficam fora da área do parque - estão localizadas em propriedades privadas. Porém, são atrações de fácil acesso, bastante populares na região. Nesse caso, você pode até dispensar o serviço de um guia. Lembre-se também de provar a matula, prato típico conhecido também como feijoada do cerrado, geralmente servida numa folha de bananeira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.