Mulheres viajando sozinhas

Solicito informações sobre grupos de senhoras desacompanhadas que gostem de viajar para o exterior, principalmente em meses que não são de férias na Europa, para conhecer países como Turquia, Grécia, Croácia, etc. Vocês têm alguma dica? Iclea Maria de O. Pinha, por e-mail

O Estado de S.Paulo

20 Abril 2010 | 02h46

Olá, Iclea, ótima pergunta a sua. Antes de mais nada, um pouquinho sobre os países que você pretende visitar. Estivemos desacompanhadas nos três destinos e o único que exige certa atenção é a Turquia. Apesar de ser mais liberal que muitos países muçulmanos (parte dele fica na Europa), existe alguma chance de constrangimento para mulheres viajando sozinhas.

Nada que torne o passeio inviável, entretanto. Basta evitar andar à noite sozinha - mesmo em Istambul, a maior e mais turística cidade turca - e se vestir sem grandes extravagâncias. A Grécia e a Croácia não preocupam: incidentes não são comuns.

Sobre companhia para a viagem, fomos pesquisar no site do projeto Mulheres pelo Mundo (www.mulherespelomundo.com.br), um dos mais interessantes do gênero no País, e verificamos que eles estão montando um grupo para a conhecer a Turquia ainda neste semestre (8 noites, voando Turkish, a partir de US$ 1.904 por pessoa). Há também outros roteiros - internacionais e nacionais - programados para diferentes datas.

O projeto foi idealizado pela psicóloga Cleo Franco, em parceria com a Agência Tecnotour Viagens e Turismo, e existe há um ano e meio. A ideia surgiu depois de ela ouvir no consultório vários relatos de mulheres que gostariam de viajar, mas não tinham companhia (mesmo as casadas faziam essa queixa).

Não há limite de idade para os tours que organizam e as excursões são ótimas oportunidade para fazer amigas. Após cada viagem, é comum que o grupo marque encontros periódicos e mantenha contato.

Outras boas fontes de consulta são os sites especializados em viagens para mulheres: www.women-traveling.com e www.journeywoman.com, ambos em inglês.

Sem clima

As chuvas que colocaram Salvador no noticiário na semana passada - por causa dos

infelizes alagamentos - não são novidade nesta época do ano. Até agosto, a previsão de tempo não convida a esticar a canga no Nordeste brasileiro

Pontos para o mojito e a cuba libre: o Caribe, sem risco de furacões até julho, é o destino do momento para praia e sol

A refrescante caipirinha, por sua vez, vai ter de esperar até agosto, quando o tempo fica firme de novo nos Estados nordestinos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.