Adriana Moreira/Estadão
Adriana Moreira/Estadão

Natal, 25 de dezembro

Quatro (ou mais) dias de folga

O Estado de S.Paulo

09 Janeiro 2018 | 04h50

Os feriados de Natal e ano-novo têm características peculiares para viajantes. Há quem emende apenas o feriado em si; há quem junte com o réveillon e consiga uma miniférias deliciosa, há quem folgue uma semana inteira. Aqui, sugestões que podem ter o tamanho que você precisar.

Bento Gonçalves

Visitar vinícolas em dezembro é garantia de paisagens verdejantes, com parreirais repletos de cachos de uva. Embora as vinícolas sejam a grande atração da cidade gaúcha, o clima é familiar - as crianças vão adorar, por exemplo, o passeio de maria-fumaça até Garibaldi, com direito a muita música no percurso. O passeio pelos Caminhos de Pedra, área com casas originais construídas pelos imigrantes italianos no século 19, também é para todas as idade. Para os casais, o romantismo é garantido em vinícolas como a Casa Valduga. E ainda dá para aproveitar um dos tratamentos do Spa do Vinho para chegar na noite de Natal com a pele renovada. Com tempo, ainda dá para esticar a viagem até Gramado para ver os festejos do Natal Luz.

Estações de esqui na Europa e EUA 

As estações de esqui estão fervilhando em dezembro, com neve fresquinha e atrações para esquiadores de todos os perfis: para os profissionais ou iniciantes, para quem vai com os amigos ou com a família. Antes de reservar a viagem, procure uma que combine com seu estilo. O complexo de Aspen e Snowmass, no Colorado, é bastante eclético, com pistas para todos os níveis de esquiadores, atrações para os pequenos, festas para quem é da balada e ótimos restaurantes. Cortina D’Ampezzo, na Itália, é ótima para quem quer quer mais contato com a natureza, mas já tem algum conhecimento de esqui - casais também vão adorar a excelente gastronomia local. Nos alpes franceses, vai curtir mais Courchevel quem já tem um básico de deslizar na neve - mas as opções de hospedagem são variadas para caber no bolso de esquiadores com níveis diferentes de economia. 

Portugal

Portugal é sempre uma boa ideia - em dezembro, tem temperaturas amenas, ótimas para brasileiros desacostumados com o frio europeu dessa época do ano. Com muitos dias de folga, dá para fazer um belo recorrido pelo país, começando por Lisboa, uma capital compacta. É claro que quanto mais tempo você tiver ali, mais vai curtir a cidade, mas em três dias inteiros você consegue dar conta dos principais pontos turísticos, incluindo Belém (e seus famosos pasteizinhos de nata). De trem, dá para fazer dois bate-voltas clássicos: Óbidos e Sintra (um em cada dia, por favor). Outro bate-volta possível é rumo a Fátima, a famosa cidade do santuário sagrado. Com os dias sobressalentes, você pode escolher: ir para Porto, alugar um carro e percorrer pequenos povoados, seguir o curso do Tejo…  

Resorts no Nordeste

Há algumas vantagens para quem opta por um resort no Nordeste nessa época do ano. Não é época de chuvas, então muito provavelmente você terá tempo bom para se estirar na praia o quanto quiser (filtro solar, por favor). Além disso, no Natal um pacote com o mesmo número de dias do réveillon chega a custar até metade do preço - quase sempre, com tudo incluído. E fica aquela velha dica para essa época do ano: comece a pesquisar sua passagem aérea o quanto antes.

Mais conteúdo sobre:
feriado Natal [25 de dezembro]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.