Cleiton Thiele/SerraPress
Cleiton Thiele/SerraPress

Natal em Gramado e Canela, na Serra Gaúcha

A 32.ª edição do Natal Luz de Gramado já começou e o Sonho de Natal de Canela começa no dia 4 de novembro. Veja dicas para visitar as cidades

Bruna Toni, O Estado de S. Paulo

31 Outubro 2017 | 04h50

  Oficialmente, faltam 55 dias para o Natal. Mas, em Gramado, as luzes já foram acesas, as árvores estão decoradas e até Papai Noel desembarcou por lá. Este ano, o Natal Luz chega à sua 32.ª edição, com atrações cada vez mais elaboradas e espetáculos que, só em 2016, atraíram 2 milhões de pessoas. Ao todo, são 81 dias de festa, que segue até 14 de janeiro. Na vizinha Canela, a apenas 7 quilômetros de distância, não é diferente: ali, o Sonho de Natal completa 30 anos em 2017 e, como presente, todas as apresentações serão gratuitas.

Com uma programação reformulada desde 2015, quando o diretor artístico Edson Erdmann foi chamado para dar outra cara ao Natal Luz, a festa de Gramado traz como novidade neste ano o show Reencontros de Natal, no Lago Joaquina Rita Bier.

Já Canela investe na iluminação especial e na decoração de seus pontos turísticos, fazendo um caminho encantadoramente natalino – obra do diretor artístico Elias da Rosa e do cenógrafo Leandro Ataídes. Lá, a festa do Sonho de Natal começa em 4 de novembro e vai até 14 de janeiro. 

Se quiser esticar a viagem, Bento Gonçalves, a duas horas de Gramado, também terá um espetáculo noturno de Natal – dentro de uma Maria Fumaça. O Natal Sobre Trilhos ( giordaniturismo.com.br) contará com personagens lúdicos, performances, fogos de artifício e show a bordo do trem, que sai do Parque Temático Epopeia Italiana e oferece, durante o percurso, tábuas de frios, vinho, espumante e suco de uva. Haverá saídas nos dias 18 e 25 de novembro e 2, 9 e 16 de dezembro, a R$ 169 por pessoa.

Para começar aproveitando bem o Natal, ou melhor, os Natais de Gramado e Canela, selecionamos dicas para curtir as festas que são um verdadeiro presente de Papai Noel.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.