Carla Miranda/AE
Carla Miranda/AE

Natal Luz de Gramado: versão fim de semana

Ver todas as atrações em 48 horas é missão impossível, ainda mais com crianças. Mas vale a pena programar uma visita à Serra Gaúcha antes de 16 de janeiro

Carla Miranda,

14 Dezembro 2010 | 12h01

No melhor dos mundos, você conseguiria reservar cinco dias para ver toda a programação do Natal Luz de Gramado e ainda visitar os pontos clássicos da Serra Gaúcha. Posso contar uma coisa? Mesmo com pouco mais de um fim de semana disponível, vale a pena tomar um avião com as crianças, descer em Porto Alegre, encarar cerca de 120 quilômetros de estrada e conferir um pouquinho do evento, que está completando 25 anos. Em meio a tantas boas atrações gratuitas (e algumas pagas), vocês com certeza nem vão sentir o dia passar.

 

Na rua

Se programe para acompanhar, pelo menos em um dos dias, a Parada de Natal. A caravana do Papai Noel, com direito a trenó, renas, bonecões e duendes, percorre as principais ruas da cidade, para alegria dos menorzinhos. Confira os horários no natalluzdegramado.com.br e arme seu quartel-general na frente da rua coberta. Isso porque, depois de completar o trajeto, a trupe natalina para nesse ponto de Gramado para interagir com as crianças. Na rua coberta são feitas também as apresentações da Árvore Cantante, com coral de 40 vozes e dançarinas. Chegue pelo menos 20 minutos antes do horário previsto para o início do show. As atrações são gratuitas.

 

É show

Quem nunca visitou Gramado nesta época do ano não sabe o que está perdendo. A cidade veste traje de gala e se cobre de luzes, formando uma decoração que não fica para trás dos famosos mercados natalinos europeus. A Igreja São Pedro, na foto, está entre os destaques. Como adicional, é lá que ocorre todos os dias, às 22h45, o espetáculo Vitrais de Natal, no qual a fachada da matriz serve de tela para um bonito show de luzes. Também gratuito.

 

 

 

 

 

 

 

Fofura

Pato prefeito, gato Gabriel, rena Renata e o maestro galo Eleazar contam de forma divertida a história do Natal Luz. Os personagens vivem na fictícia cidadezinha de Matagal (qualquer semelhança com Gramado não é mera coincidência) e decidem criar um evento natalino para atrair visitantes.

No percurso entre as ideias e a realização desse sonho, muitas trapalhadas estão garantidas. Você pode comprar ingressos antecipadamente no site (taxa de serviço de R$ 4,50) ou fazer isso no próprio dia, porque há lote específico para compra na bilheteria (nas horas mais concorridas, pode ser um pouco arriscado). Entrada a R$ 30. Entre as atrações pagas, destaque também para a ópera a céu aberto Nativitaten (recomendada para crianças com mais de 10 anos), o musical Fantástica Fábrica de Natal e o Grande Desfile de Natal. Convém olhar a programação e montar mentalmente um roteirinho.

 

Fantástica vila

Instalada perto do Lago Joaquina Rita Bier, a vilinha de Natal é sucesso garantido entre as crianças. Nas casinhas, artesanato, biscoitinhos típicos e mil versões do bom velhinho. No fundo, cinema 3D, trono do Papai Noel, carrossel e trenzinho, entre outros (a entrada é gratuita e os brinquedos custam R$ 5). O espaço também recebe dois espetáculos gratuitos: o teatro de marionetes, que conta a história do nascimento de Jesus, e o Povo da Vila, no qual atores falam sobre o espírito natalino. O Natal Luz vai até 16 de janeiro. 

 

 

Veja também:

link Mercados de sonhos

linkMusicais e delícias típicas em uma Paris ainda mais iluminada

linkNa Alemanha, ruas com aroma e decoração especiais

blog Blog. Dicas e bastidores das viagens da nossa equipe

blogTwitter. Notícias em tempo real do mundo turístico

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.