Viagem

Nossa Senhora Aparecida - 12 de outubro

Visite Sousas e Joaquim Egídio ou São Roque

05/01/2016 | 05h00    

Adriana Moreira e Bruna Toni - O Estado de S. Paulo

SOUSAS E JOAQUIM EGÍDIO

Feira de Artesanato de Vila das Artes, em Sousas

Feira de Artesanato de Vila das Artes, em Sousas Foto: Divulgação

É um dia só, mas o feriado de 12 de outubro tem a medida certa para dar uma escapada e visitar os distritos de Sousas e Joaquim Egídio, coladinhos em Campinas, a 100 quilômetros de São Paulo. Festivais gastronômicos, feiras e shows estão sempre na programação cultural de ambos – e mesmo que não haja nada de especial programado, ainda assim haverá o que fazer.

A Praça Beira Rio, em Sousas, concentra o burburinho com bares e restaurantes e, em todo primeiro domingo do mês, a feira de artesanato Vila das Artes – além de eventos esporádicos. Chegando para o almoço, pare no restaurante Bouquet Garni. Além de um cardápio apetitoso, com muito peixe e frutos do mar, a casa está cercada por uma exuberante área verde e tem vista para o rio. Para a garotada, a Belmonte Entretenimento tem arvorismo, tirolesa e pôneis.

Ainda que Sousas tenha seu charme, Joaquim Egídio conquista por suas construções históricas e atmosfera antiga. O movimento ali se concentra ao longo da Rua Heitor Penteado, com seus bares convidativos. Localizada em meio a uma Área de Proteção Ambiental (APA), a região também é famosa por suas trilhas para caminhada e bicicleta. /ADRIANA MOREIRA

SÃO ROQUE

Pistas do Ski Mountain Park

Pistas do Ski Mountain Park Foto: Divulgação

Sentar à mesa de um dos bons restaurantes da Estrada do Vinho, em São Roque, a 40 minutos de São Paulo, poderá te prender pelo estômago e fazer você gastar boa parte do dia por lá – a espera no tradicional português Quinta do Olivardo, por exemplo, pode ser longa, apesar de compensatória.

 Mas com apenas um dia disponível, é bom se programar para garimpar passeios que vão além das vinícolas. E aproveitar melhor a fartura gastronômica da cidade, a base de alcachofras e uvas, que entre 7 de outubro e 6 de novembro se estenderá até o centro durante a 24ª Expo São Roque. É a época ideal para combinar as atividades da feira, como a pisa da uva, shows e visitas guiadas aos parreirais que algumas das vinícolas oferecem – na Góes, uma das maiores, há passeios de 1h20 por R$ 25, com direito a R$ 10 em compras. Mais: vinicolagoes.com.br.

Já para quem gosta de um pouco de adrenalina, a dica é começar pelo Ski Mountain Park, que, além das pistas de esqui e snowboard (há aulas para iniciantes), tem arvorismo, paintball, tirolesa, teleférico, arco e flecha, passeios a cavalo e alpinismo. Os fãs de trilhas contam com a do Morro do Saboó, de onde se tem uma vista panorâmica de São Roque e de municípios vizinhos, como Mairinque, Itu e Sorocaba.

Pela cidade, o centrinho de ruas apertadas reúne comércio e construções simpáticas de interior, com lojas como a da Nonna Nunziata, uma italiana de 77 anos que bota a mão na massa para entregar encomendas de suas antigas receitas. Do patê de alcachofra ao cannoli siciliano, é impossível sair de lá sem uma guloseima caseira nas mãos. 

Se quiser dormir em uma das pousadas e hotéis da cidade e seguir viagem no dia seguinte, aproveite para provar as cervejas artesanais do recém-inaugurado Come Together, pub com decoração rústica e boa música. /BRUNA TONI


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.