O passado visto de pertinho

Museus e sítios arqueológicos para admirar vestígios dos antigos habitantes do planeta

O Estado de S.Paulo

09 Março 2010 | 02h55

Pesquisadores encontraram recentemente, na Tanzânia, um ancestral dos dinossauros que teria vivido há 10 milhões de anos. O achado ainda não está em exibição, mas não faltam sítios arqueológicos e museus para admirar vestígios dos antigos habitantes do planeta

   

Field Museum

Llyuba, a mamute da foto acima, é a grande estrela da exposição Mamutes e Mastodontes: Titãs da Era do Gelo, que o The Field Museum ( www.fieldmuseum.org ), de Chicago, realiza até 6 de setembro. A fêmea tinha apenas 1 mês quando morreu, há 42 mil anos, na Sibéria.

 

 

 

 

Serra da Capivara

Maior sítio arqueológico das Américas, o Parque Nacional da Serra da Capivara ( www.fumdham.org.br ), no Piauí, estende-se por mais de 129 mil hectares. Ali, estão preservadas pinturas rupestres de mais de 50 mil anos.

 

 

 

Senhor de Sipán

Os tesouros encontrados com o monarca mochica, que viveu entre 100 e 700 d.C., impressionou historiadores. O Museu Tumbas Reales de Sipán ( www.museotumbasrealessipan.pe ), em Chiclayo, no Peru, reúne a maioria deles - tem até uma réplica da tumba da múmia famosa.

 

 

 

 

Museu de História Natural

Em setembro de 2009, o museu londrino ganhou uma ala com 20 milhões de espécies de plantas e insetos. Ao todo, o acervo soma mais de 70 milhões de itens. Site: www.nhm.ac.uk/.

Mais conteúdo sobre:
Viagem Aventura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.