O que não dá para perder em Belém do Pará

Ver-o-Peso

O Estado de S.Paulo

18 Maio 2010 | 02h42

O cartão-postal de Belém - um antigo mercado com estrutura de ferro - não é apenas para ser visto, mas experimentado. Compre temperos, conservas e poções para dar de presente e prove o açaí, servido sem açúcar, com peixe e farinha, em uma dúzia de bancas.

Estação das Docas

Símbolo da renovação urbana da capital, o "Puerto Madero" belenense tem uma coleção de restaurantes bastante agradáveis. Um ótimo lugar para pedir qualquer prato no tucupi.

Theatro da Paz

Infinitamente menos famoso do que o Teatro Amazonas, mas igualmente emocionante. Há visitas guiadas a cada hora.

Polo Joalheiro

Um prédio histórico onde funcionava uma casa de detenção tornou-se um centro de joalheria e artesanato. Um pouco fora do centro, mas igualmente imperdível.

Mangal das Garças

Neste parque à beira-rio você se familiariza com diferentes ecossistemas amazônicos. Um antigo galpão de ferro foi transformado num shopping. O restaurante Manjar das Graças serve comida paraense autêntica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.