Viagem

O que ninguém disse sobre os imóveis de Lula

Com sua mascote Trashie sempre ao lado, Mr. Miles foi à Groenlândia mais uma vez, porque seu corretor de imóveis encontrou um possível endereço para o resort de verão que nosso correspondente pretende instalar por lá – de modo a ser pioneiro quando o aquecimento global transformar aquela região em “um novo Caribe”. A seguir, a pergunta da semana:

01/03/2016 | 03h21    

Mr. Miles - Estadão

 

  Foto: Silvia Rodrigues|Estadão

Querido Mr. Miles: falando em férias, o que você acha do apartamento do Lula no Guarujá e de seu sitio em Atibaia?

Marlene S. Jafet, por e-mail

“Well, my dear: a sua questão é um tanto embaraçosa para um modesto viajante britânico como eu. Entendo muito pouco da política e de suas derivações. Não sou, sequer, um bom conselheiro para minha rainha e amiga, a querida Elizabeth II, cujo primeiro corgi – como é de conhecimento geral – eu mesmo tive o prazer de apresentar. Besides, como cidadão estrangeiro, sinto-me impedido de fazer comentários sobre governantes ou ex-governantes de outros países.

Não vou, portanto, falar sobre o seu ex-presidente, aquele que certo dia anunciou sua intenção de convidar nossa rainha para uma buchada de bode em Garanhuns – promessa, aliás, que ele não cumpriu. 

Sinto-me apto, porém, a falar de suas escolhas imobiliárias. Ou melhor: de sua escolha como viajante. Já mencionei, há alguns anos, que considero a casa de praia (ou o apartamento) como um dos mais fortes inibidores para o surgimento de um viajante. Imagine, therefore, uma casa de praia e uma casa de campo – não importa a origem que elas tenham.

Talvez o ex-presidente sequer se preocupe com o tema. Quiçá não lhe falte oportunidades para viajar pelo mundo, mesmo tendo imóveis acessórios para cuidar. A maior parte das pessoas, porém, faz uma escolha definitiva ao decidir ter o que pode ser chamado de uma casa de férias. Deve ser, in fact, um grande prazer. Mas só até que, passados dois ou três anos, o proprietário do imóvel de lazer descubra que, na verdade, ele é uma prisão inexpugnável.

Por possuí-lo, o cidadão sente-se na obrigação, of course, de aproveitá-lo. Mas, exceto se ele for um presidente da República com outras opções, isso significa que ele não vai passar as férias em um safári na África, num restaurante bordalês ou numa ilha do Oceano Índico. 

Não, my dear: os felizes proprietários de imóveis na praia e no campo têm de utilizá-los sempre que tiverem um tempo livre. 

And you know why? 

Porque eles custam muito caro. Dão despesas enormes. São, probably, mais gastões do que amantes argentinas ou cavalos de raça. Veja bem: há que mantê-los. Há que cuidar de sua segurança. Há que ter alguém que apare a grama e tire a poeira. Ou, se for um apartamento, há que se pagar um condomínio. Os da praia, by the way, são ainda piores. As chuvas fazem as telhas correrem. A maresia corrói uma geladeira por ano. 

Feitas as contas, é mais que preciso aproveitar o imóvel com grande frequência. Mesmo que seja um feriado longo e o incauto saiba, de antemão, que pode ficar entre 8 e 12 horas na estrada; que haverá fila na padaria; que faltará água. Enfim: todos aqueles prazeres inenarráveis a que têm de se submeter os donos de casas de férias.

Ah! É possível alugar o imóvel! Tenho vários amigos que já o fizeram e se arrependeram amargamente. Dobrou o número de geladeiras que eles adquirem a cada ano.

Enquanto isso, Paris está lá à espera dessas pessoas. E Londres. E Timbuktu. E as pirâmides de Gizé.

Oh, my God... Como devem arrepender-se essas pessoas que, ao livrarem-se do imóvel, descobrem o quanto vão perder com a revenda. 

É claro que há exceções, darling. Não sei se esse é o caso de seu ex-presidente, mas há pessoas que simplesmente não querem viajar, pois julgam que já sabem de tudo – e todas as experiências do mundo serão incapazes de enriquecê-las. 

De minha parte, continuo viajando e aprendendo. Por isso, faz muito tempo que não troco de geladeira.” 

É O HOMEM MAIS VIAJADO DO MUNDO.

ELE ESTEVE EM 183 PAÍSES E  

16 TERRITÓRIOS ULTRAMARINOS


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Calendário

  • 25mai

    Festival das luzes em Jerusalém

    Com todas as atrações gratuitas e concentradas na área histórica, Jerusalém faz seu Festival de Luzes até 2 de junho, com projeções em locais como o Muro das Lamentações. Mais: lights-in-jerusalem.com

  • 25mai

    Cirque du Soleil na Broadway

    O Cirque du Soleil estreia seu primeiro show criado especialmente para a Broadway (broadwaycollection.com). Paramour é a história de uma atriz que tem de escolher entre um romance e sua arte. Desde US$ 55

  • 25mai

    Dança em Santos

    Até dia 29, o 3º Festival Internacional de Dança apresenta números de variados estilos no palco do Teatro Municipal Brás Cubas. Para os profissionais, haverá aulas especiais; fidifest.com.br

  • 26mai

    Festival do Pinhão

    Santo Antonio do Pinhal (SP) terá quatro dias de festival dedicado ao pinhão. Receitas com o ingrediente serão vendidas na Praça do Artesão, que terá também barraca de cerveja artesanal e shows; bit.ly/pinhaopinhal

  • 27mai

    Horário de verão no Animal Kingdom

    A partir desse dia o parque Animal Kingdom, da Disney em Orlando, passa a fechar mais tarde, às 23 horas (era às 18 horas). A Árvore da Vida (Tree of Life) estreia nova iluminação e o Kilimanjaro Safari terá tours noturnos: bit.ly/aknoite; desde US$ 97.

  • 08mai

    Corrida pelo bem

    Com largada simultânea em Brasília e outras 33 cidades do mundo – veja lista em bit.ly/runwings– a corrida Wings for Life tem renda revertida para pesquisa da cura de lesão na medula espinhal. Inscrições: US$ 30

  • 06mai

    Festa do Divino

    Marcada pela cultura popular e por procissões, a festa do Divino Espírito Santo dura dez dias (até 15) e é forte em São Luís do Paraitinga (SP) e em Paraty (RJ), onde ganhou atá DJs. Mais: bit.ly/divinoparaitinga e bit.ly/divinoparaty.

  • 16mai

    Orgulho gay no méxico

    Receptiva ao turismo gay, Puerto Vallarta, no México, recebe até dia 30 o Vallarta Pride (vallartapride.com). Além do desfile no domingo (28), o evento terá festivais de música e cinema, além festas. Tudo grátis.

  • 20mai

    Jazz em Paraty

    Eumir Deodato, Rosa Passos e Thiago Espírito Santo são alguns dos artistas que se apresentam na Praça da Matriz, em Paraty, para as três noites de jazz, blues e soul do Bourbon Festival, até dia 22. Tudo grátis; bit.ly/viabourbon

  • 21mai

    festival Ver-o-Peso no Pará

    A atual culinária mais badalada do Brasil é celebrada em Belém no Festival Ver-o-Peso da Cozinha Paraense, batizado com o nome do mercado público. Até o dia 29, tem aulas, jantares com chefs e mais; bit.ly/viaveropeso