Para forrar o estômago, muito além do ceviche

José Alfredo Aramburu é um dos atuais expoentes da alta gastronomia peruana. Aos 23 anos, comanda as caçarolas do Alfresco (Malecon Balta, 790, Miraflores), um dos tantos restaurantes agradáveis de Lima. Endereço certo para colocar à prova o paladar numa visita ao país vizinho. "Não há segredos, a alquimia da culinária depende da inspiração e do acerto na combinação de ingredientes", diz ele.

O Estado de S.Paulo

25 Maio 2010 | 01h57

Entre suas criações favoritas está o pulpo (polvo) a la brasa. Simples e saborosíssimo, o prato é passado no azeite de oliva. Porção individual que enche os olhos e faz salivar. Para começar, a sugestão é a causa, entrada de batatas prensadas com ají (tempero picante), e toques de abacate. Se quiser ir além, o pescado de tala alta e macio vem escoltado por lascas de pimentão glaciado, sutilmente adocicado. Uma combinação de lamber beiço. Com menos de US$ 20 você faz uma refeição completa, com cafezinho e sobremesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.