Phil Noble/Reuters
Phil Noble/Reuters

Quando estou em casa, tudo parece ficar bem

LIVERPOOL - Para fãs que não se contentam com um passeio por Penny Lane ou a visita ao Strawberry Fields, há a possibilidade de se hospedar em um hotel inteiro dedicado à história dos Beatles. Inaugurado em fevereiro de 2008, o Hard Day's Night Hotel - homônimo da canção que diz que "quando estou em casa, tudo parece estar bem" - é a única hospedagem do mundo que reverencia o quarteto de Liverpool em todas as dependências (harddaysnighthotel.com; diária desde 90 libras ou R$ 316).

Renata Miranda, Especial para O Estado de S.Paulo

05 Novembro 2013 | 02h17

Localizado a poucos metros do Cavern Club, o prédio chama de longe a atenção de quem passa pela Rua North John, no centro da cidade. Do lado de fora do primeiro andar, esculturas de John, Paul, George e Ringo decoram a fachada do hotel e atraem grupos de fãs desesperados por uma foto.

Os 110 quartos foram decorados individualmente com fotos, brinquedos e itens de colecionadores referentes ao passado dos Beatles. Há, porém, duas suítes especiais dedicadas a Paul McCartney e a John Lennon.

Enquanto o quarto batizado com o nome de Paul é mais moderno e colorido, o de John é marcado por um gosto clássico e conta com uma réplica do piano branco do vídeo da música Imagine. Ficar hospedado nesses suítes exige um investimento mais alto: as diárias variam entre 750 e 950 libras (R$ 2.600 a R$ 3.300) e incluem, entre outros mimos, café da manhã para duas pessoas, uma garrafa de champanhe e acesso ilimitado ao frigobar.

O hotel ainda conta com dois bares, um restaurante e uma casa de shows, onde bandas se revezam todas as noites de sexta-feira e sábado tocando clássicos dos Fab Four.

Opção econômica. Para os que não podem desembolsar as muitas libras necessárias para se hospedar ali, mas também gostariam de ficar em um hotel na região, uma opção mais em conta é o Z Hotel (thezhotels.com/liverpool), igualmente situado na Rua North John, a duas quadras do Hard Day's Night.

O hotel, moderno e descolado, dispensa luxos como serviço de quarto, mas tem instalações bem equipadas e confortáveis. Os quartos, compactos e com acesso liberado à rede de Wi-Fi, têm diárias por cerca de 40 libras (R$ 140).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.