Queridinho dos brasileiros, Viceroy facilita acesso às vias de Snowmass

Instalado aos pés da maior montanha do pedaço, o Viceroy Snowmass foi o primeiro hotel da região a receber a denominação ski-in/ski-out: seus hóspedes vestem os esquis na sala de equipamentos e dali mesmo já saem deslizando até a gôndola que os leva às pistas.

O Estado de S.Paulo

15 Outubro 2013 | 03h23

As comodidades não param por aí. O estabelecimento possuiu 173 suítes decoradas com móveis clássicos, cujas categorias vão dos estúdios às residências - estas últimas equipadas com cozinha completa, salas de televisão e de estar.

Nas áreas comuns, as piscinas (aquecidas, evidentemente) dão vista para a montanha, enquanto o spa tem atmosfera clean e oferece um variado menu de massagens e tratamentos.

É ao lado da recepção do hotel que fica uma das grandes pérolas do Viceroy: o restaurante e bar Eight K, um estabelecimento capaz de proporcionar novas experiências a cada refeição.

Senão, vejamos. No começo do dia, os hóspedes podem se refestelar com o afamado café da manhã servido ali - que, a propósito, conta com o melhor iogurte natural de Aspen e uma omelete de primeira. Uma alimentação reforçada ajuda a encarar o sobe e desce nas montanhas ao longo da jornada.

À noitinha, lá mesmo são servidos alguns coquetéis que figuram no topo da lista dos must drinks da região. Só não espere ouvir apenas inglês. Além dos brasileiros serem o público mais cativo do hotel, alguns funcionários falam português. Diárias custam desde US$ 180: viceroyhotelsandresorts.com/snowmass. / B.T.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.