Resorts: o avanço dos all-inclusive

.

Ricardo Freire, O Estado de S.Paulo

06 Outubro 2009 | 01h24

TIPO EXPORTAÇÃO - Os estrangeiros preferem o sistema

com tudo incluído, como o do Iberostar Bahia

Pouco a pouco, o sistema all-inclusive vai se tornando predominante entre os resorts brasileiros. Para quem viaja com criança, ou não quer ficar regulando petiscos e bebidas, é o esquema ideal. Só não vale a pena quando você quer passear bastante: neste caso, escolha um resort que inclua só café e jantar.

BAHIA

Dos cinco resorts da Costa do Sauípe, três incluem tudo. O Breezes (www.superclubsbrasil.com.br) compensa o espaço reduzido com bebidas de qualidade. O Costa do Sauípe All Inclusive (ex-Renaissance) e o Costa do Sauípe Golf & Spa (antigo Marriott) permitem almoçar e jantar em qualquer resort do complexo (com exceção do Breezes) e ainda em três restaurantes da Vila Nova da Praia.

Três quilômetros ao norte da Praia do Forte, os dois Iberostar (www.iberostar.com.br) oferecem atividades e shows noturnos ao estilo Club Med. Os hóspedes do Iberostar Praia do Forte têm sete restaurantes à la carte para escolher (três no vizinhoIberostar Bahia).

A melhor praia entre os all-inclusive do litoral norte é a do Vila Galé Marés (www.vilagale.pt), que está no canto esquerdo de Guarajuba. As opções de gastronomia, porém, são limitadas.

Salvador já tem um resort urbano com tudo incluído: é o Gran Hotel Stella Maris (www.solexpress.com.br), que fica pé na areia entre a famosa Itapuã e a badalada Aleluia.

Os dois Club Med baianos também aderiram ao esquema: tanto em Itaparica quanto em Trancoso os lanchinhos e bebidas não são mais cobrados (www.clubmed.com.br).

Pouca gente sabe que o ponto mais sossegado de Porto Seguro, a praia do Mutá, tem um all-inclusive: é o simpático LaTorre (www.resortlatorre.com).

Quem falta aderir? Do primeiro time, o Tivoli EcoResort da Praia do Forte e o Arraial d'Ajuda EcoResort resistem. Mas o Transamérica Comandatuba começa a abrir a guarda: acaba de anunciar que as três refeições estão incluídas (www.comandatuba.com.br).

DE SERGIPE A PERNAMBUCO

Pertinho de Aracaju, o Starfish Ilha Santa Luzia é um dos all-inclusive mais em conta que há (www.superclubsbrasil.com.br).

Em Maragogi (AL), a chegada do português Miramar (www.miramarmaragogiresort.com.br) acabou convertendo o Salinas (www.salinas.com.br). A praia do Miramar é mais gostosa, mas o Salinas tem melhor estrutura.

Pernambuco se agarra à meia-pensão enquanto pode. Em Porto de Galinhas, só o Enotel (www.enotel.com.br) é all-inclusive. Neste verão, vai ganhar a concorrência do Vila Galé Eco Resort do Cabo, em Cabo de Santo Agostinho (www.vilagale.pt).

RIO, SÃO PAULO E PARANÁ

Aqui embaixo, os únicos all-inclusive são o Club Med Rio das Pedras (www.clubmed.com.br), o Vila Galé EcoResort de Angra (www.vilagale.pt) e o Mabu, de Foz do Iguaçu (www.hoteismabu.com.br). Mas vários hotéis já incluem as três refeições, como o Bourbon Atibaia (bourbon.com.br), o Paradise de Mogi das Cruzes (www.paradiseresort.com.br) e o Meliá Angra (www.solmelia.com).

INTERNET PARA VIAGEM | www.montrealparainsiders.blogspot.com.br

Vivendo há dois anos em Montreal, Maria Ganem vai decifrando a cidade aos bocados: uma resenha de hotel aqui, duas dicas de restaurante ali, um punhado de passeios mais adiante. Entremeando tudo isso, reflexões sobre os costumes, a personalidade e a cena cultural da grande cidade bilíngue do Canadá.

DOSSIÊ | Restaurantes no Leblon

Botequins

O brilho do Jobi (Ataulfo de Paiva, 1.166) e do Bracarense (José Linhares, 85) foi ofuscado pela chegada do Chico & Alaíde e seus petiscos de antologia (Dias Ferreira, 679).

Comidinhas & Quilos

O La Cigale (Aristides Espínola, 88) e o Fellini (General Urquiza, 104) têm bufês a quilo com padrão Manoel Carlos de qualidade. Fora de hora, vá ao Talho Capixaba (Ataulfo de Paiva, 1.022), uma delicatessen de responsa.

Exóticos

Os tapas do momento estão no Venga (Dias Ferreira, 113). Experimente também as entradinhas do Togu (Dias Ferreira, 90) e os pratos autênticos do Nam Thai (Rainha Guilhermina, 95).

Grifes

O Celeiro (Dias Ferreira, 199) faz as saladas mais incríveis. O Garcia & Rodrigues (Ataulfo de Paiva, 1251) tem dois cardápios - o chique e o prêt-à-porter. E o Carlota (Dias Ferreira, 64) se revela carioquíssimo do outro lado da Ponte Aérea.

 

VIAJE NA PERGUNTA

Vou viajar ao Egito com minha filha de 23 anos e meu filho de 16. Onde consigo comprar passagens para o trem Abela Egypt, do Cairo a Luxor? Podemos viajar de dia? Cabemos num mesmo compartimento?

Ana Lúcia, São Paulo

O Abela Egypt é o trem recomendado para estrangeiros, mas não é possível comprar diretamente no site. Há agências confiáveis que fazem isso, como a Egypt Legend (egyptlegend.com/trainreservation.htm). A viagem neste trem só é feita à noite. Você vai precisar reservar uma cabine simples e uma dupla. Querendo arriscar, normalmente dá para comprar na estação com dois dias de antecedência.

Quero viajar de carro pela Itália. Serão 25 dias entre entre Roma e Veneza, passando pela Lombardia. Gostaria de dicas de hospedagem alternativa, como os mosteiros (não sei como se diz mosteiro em italiano). Paula, São Paulo.

Diz-se "convento" ou "monastero", Paula. (Plural: "conventi", "monasteri"). É uma alternativa bastante comum em toda a Itália. Se você pesquisar por "ospitalità conventuale" vai achar muitos sites. Eu vou te indicar um, em inglês, que me pareceu muito bem feitinho, o MonasteryStays.com. Você busca por região e tem acesso a mais de cem mosteiros, por preços bastante camaradas. A comissão da agência e o eventual depósito são pagos por PayPal (abra já sua conta em PayPal.com; a ativação leva um tempo). Mas atenção: é preciso voltar antes das 23 horas e só casais casados podem ocupar o mesmo quarto.

Perguntas: turista.profissional@grupoestado.com.br

PEPÊ | Peri Patético, o PePê, vive se metendo em roubada. Mas sempre volta inteiro para nos avisar.

"Você não acredita o que aconteceu comigo! Eu queria alugar carro na França, então entrei numa agência online, fiz a cotação e escolhi a melhor oferta. O pagamento era antecipado, mas tudo bem. Devolvi no dia certo, devidamente abastecido. Só que me me mostraram uma conta de € 200 a mais. Sabe por quê? Porque eu não vi que tinha escolhido um plano com quilometragem limitada! E tinha excedido o limite! Da próxima vez, vou ler tudo com mais atenção. Ninguém me avisou, mas eu te aviso!"

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.