Rio Grande do Sul

Ao ser indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 1996, O Quatrilho, de Bruno Barreto, não apenas levou o País de volta à maior premiação do cinema depois de 10 anos (o último havia sido O Beijo da Mulher Aranha, de Hector Babenco), como deu ao Estado um papel de destaque na retomada do cinema nacional.

O Estado de S.Paulo

19 Novembro 2013 | 02h20

Filmada nos arredores de Bento Gonçalves, a 120 quilômetros de Porto Alegre, na região conhecida como Caminhos de Pedra (caminhosdepedra.org.br), a obra transporta os visitantes para casarões rústicos do século 19, construídos pelos imigrantes italianos. Muitos pertencem às mesmas famílias até hoje e funcionam como restaurantes, pousadas e ateliês. A narrativa, que descreve como dois casais amigos vão morar sob o mesmo teto, em 1910, foi gravada na Cantina Strapazzon, aberta à visitação e à degustação de produtos como pães, queijos, salames, vinhos e suco de uva. Agende: (54) 3455-6321.

"É uma região muito bonita e bem estruturada para receber turistas", afirma Nora Goulart, produtora da comédia Saneamento Básico, O Filme (2007). Além das rústicas construções, o diretor Jorge Furtado aproveitou os bosques para contar a história de moradores de uma cidadezinha que se tornam cineastas da noite para o dia.

Do outro lado da cidade, o Vale dos Vinhedos convida a degustações em vinícolas como Miolo (miolo.com.br; visita a R$ 10) e Vallontano (vallontano.com.br), que oferece refeições harmonizadas, com pratos a partir de R$ 25. Também de Jorge Furtado, O Homem que Copiava foi gravado na capital gaúcha. Mesmo não ganhando destaque na obra, o principal cartão-postal da cidade, o pôr do sol no Guaíba, espera os visitantes. Antes, aproveite a programação cultural da Usina do Gasômetro (51-3289-8100). Ou, se preferir, embarque no Cisne Branco (barcocisnebranco.com.br; R$ 25) para um tour de uma hora, ao entardecer.

O espírito gaúcho transparece nos fins de semana ensolarados, com famílias caminhando pelos parques da cidade, como o da Redenção, com paradas estratégicas no Brique, a famosa feira de antiguidades e artesanato. Se sobrar fôlego, estique até a Fundação Iberê Camargo (iberecamargo.org.br) para conferir a exposição mais recente ou o impressionante acervo do artista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.