Roteiro traça os passos do santo guerreiro

Cultuado em várias partes do mundo, patrono de países como Portugal e Inglaterra, de toda a Igreja Ortodoxa e também do Corinthians, São Jorge teria nascido no século 3º e, segundo uma lenda grega, sua cidade natal seria Güzeloz, na região da Capadócia. O padroeiro do exército das cruzadas cativou a empresária e consultora da TV Globo Malga Di Paula, que pretende lançar um roteiro entre Turquia e Israel, por onde os devotos poderão acompanhar passagens do santo pelos dois países, chamado de Marcas de São Jorge (informações em portalturquia.com.br).

O Estado de S.Paulo

16 Outubro 2012 | 08h24

A presença do santo guerreiro pode ser percebida em pinturas do século 12 no Museu ao Ar Livre, na cidade turca de Göreme. Na Palestina, casas o reverenciam com sua imagem entalhada na entrada. Seus restos mortais estariam na Igreja São Jorge, em Lod, Israel.

O projeto, que teve início há três anos, sofreu um hiato entre o final de 2010 e março de 2012, período em que Malga se dedicou exclusivamente aos cuidados da saúde de seu marido, o humorista Chico Anysio, morto em março. "Ele foi meu grande incentivador. Vou continuar porque sei que ele está comigo", contou Malga ao Viagem. "A gente tem a ideia de que, no futuro, Marcas de São Jorge possa ser como Santiago de Compostela", aposta a empresária, que prepara um livro sobre sua conexão com o santo e a Turquia, a ser lançado em abril. /M.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.