Reprodução
Reprodução

Stranger Things: cidade de Jackson virou Hawkins

Segunda temporada da série está programada para estrear em outubro

Adriana Moreira, O Estado de S.Paulo

01 Agosto 2017 | 04h50

Não é de hoje que a Georgia virou queridinha das produções de TV por causa de seus incentivos fiscais (vá ao site bit.ly/seriegeorgia para descobrir diversos pontos de gravação no Estado). Stranger Things também surfou nessa onda, e boa parte das filmagens foi realizada em cidadezinhas próximas a Atlanta.

O centrinho da pequena Jackson se transformou em Hawkins com a ajuda da produção e muitos baldes de tinta. O sinistro exterior dos Laboratórios de Hawkins, onde são realizados experimentos com Eleven, são, na verdade, o Briarcliff Campus da Univerdade Emory de Atlanta (prédio B, 1.256 Briarcliff Road NE). 

O bosque onde ocorrem diversas cenas assustadoras (incluindo o sumiço de Will e Barb) é bem convidativo na vida real: trata-se do Georgia International Horse Park, onde ocorrem competições equestres e passeios como trilha a cavalo ou mountain bike. Também foram gravadas cenas do bosque no Stone Mountain Park, uma área repleta de atrativos familiares como bondinho panorâmico, fazendinha, passeio de trem, entre outros. 

A pedreira onde o suposto corpo de Will é encontrado (e onde Eleven salva seus amigos do bullying de valentões da escola) chama-se Bellwood Quarry e, no momento, está fechada para visitação. Há um projeto, no entanto, para transformar a área em parque aberto ao público, e as discussões estão avançadas. Pode haver novidades em breve – não antes da estreia da segunda temporada da série, em outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.