Juliana Diógenes/Estadão
Juliana Diógenes/Estadão

Tradição do sabor em Itabirito e Moeda Velha

Pastel de angu. Diz-se que o pastel de angu nasceu em Itabirito. Consideradas parte do patrimônio cultural do município, as quitandeiras Nadil Fátima de Aguiar, de 59 anos, Conceição de Paula, de 76, e Irene Maria de Araújo, de 55, perpetuam o jeito tradicional de preparar a iguaria. Para manter viva a tradição e repassar para novas gerações, a Secretaria de Cultura de Itabirito leva o trio às escolas para ensinar aos alunos o preparo da receita. Para provar do famoso pastel de angu, basta entrar em contato e ir até a casa delas, onde produzem e vendem a iguaria. Anote: (31) 3561-2376 e (31) 3563-1231. 

Juliana Diógenes, ITABIRITO

10 Janeiro 2017 | 04h55

Fogão à lenha. É quase uma regra na região – e muitos restaurantes mantêm o costume. Em Moeda Velha, um distrito que se resume a uma praça, uma igreja e ruínas, o único restaurante do local, o Casa da Moeda Velha (31-99306-1723), não foge ao costume. Com clima hospitaleiro e cardápio com os pratos escritos à caneta, o espaço é rústico e a comida, caseira. Entre as opções mais saborosas estão o frango com quiabo e angu e o feijão tropeiro com costelinha. O local produz a própria cerveja artesanal, chamada de Moeda Velha. Depois de comer, dê um passeio pelas ruínas da antiga casa de moedas, que fica ao lado da Igreja de São Caetano. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.