Vale a Viagem

Estalando de novos ou cobertos pela poeira do tempo. Muita gente não consegue sair de Buenos Aires sem incluir livros na mala. Confira alguns endereços. / ARIEL PALACIOS

O Estado de S.Paulo

20 Abril 2010 | 02h46

1 História argentina

O passado argentino está resumido na Librería Historica. Nas prateleiras, um bom arsenal de novos, usados e antigos sobre período colonial, independência e guerras civis do século 19. Na Calle Azcuénaga, 1.846, Recoleta. Mais: www.libreriahistorica.com.ar.

2 Esplêndida

Instalada em um cine-teatro construído em 1919, a El Ateneo Grand Splendid é um espetáculo por si só. O prédio foi restaurado para servir de livraria em 2000 e hoje abriga acervo de 100 mil títulos. Fica na Avenida Santa Fé, 1.860, Callao.Mais informações: www.tematika.com.

3 Com ácaros

Praticamente saída de um conto de Jorge Luis Borges, a El Rufián

Melancólico (O Vilão Melancólico) tem prateleiras abarrotadas de revistas e exemplares antigos. A livraria fica na Rua Bolívar, 857, no simpático e badalado bairro de San Telmo. Mais informações: (00--54- 11) 4300-1857.

4 Mais antiga

Aberta em 1820, a Librería de Ávila detém, do alto de seus quase dois séculos, o título de a mais antiga em funcionamento na capital. Tem ótimo acervo sobre tango, literatura e história argentina. Fica na Calle Alsina, 500, Montserrat. Mais: libreriadeavila.servisur.com.

5 Dos Pampas

Na pequenina Capítulo Uno você encontra um bem servido acervo de livros novos, esgotados e, ainda, edições de luxo sobre costumes argentinos. O destaque fica com os temas gauchescos e as histórias

dos Pampas. Endereço: Calle Ayacucho, 1.206, na Recoleta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.