Viagem

Veja dicas para economizar na passagem de sua viagem

Saiba como minimizar o transtorno e os prejuízos caso a sua bagagem seja extraviada, desde o uso de rastreadores até o preparo de uma mochila com itens essenciais. Confira também alguns lançamentos que podem te ajudar

31/03/2015 | 03h00    

Mônica Nobrega - O Estado de S. Paulo

Ainda que o seu destino de viagem esteja pela América do Sul, África ou Ásia, não há como escapar da passagem aérea cotada em dólar. Mesmo preços dos trechos nacionais são fortemente influenciados pela moeda americana, já que os insumos da aviação – de combustível a peças de reposição – estão atrelados ao dólar dos Estados Unidos. 

Mas, mesmo que não fossem tempos de humor instável do dólar e da economia, muitos precisam lidar com o orçamento limitado para viagens. Para quem está sempre tentando economizar na passagem aérea (e quem não está?), o olhar atento e os macetes dos experts podem ajudar a comprar trechos aéreos pelo menor preço possível. 

Comece fazendo cadastro em buscadores e comparadores de voos e crie alertas para ser avisado de descontos: Kayak e SkyScanner têm a ferramenta. Reunimos, em dicas práticas, as sugestões mais quentes da equipe do Viagem e de especialistas cujo trabalho é monitorar preços de passagens o dia todo. 

A bordo. Sem estourar o orçamento

A bordo. Sem estourar o orçamento Foto: Jodi Hilton/NYT

 

Equipe do Viagem

Lista de desejos: mantenha uma lista dos lugares que você quer visitar por ordem de prioridades, e faça um levantamento do preço básico de cada um dos trechos. Assim, ficará fácil identificar descontos reais quando aparecerem promoções de empresas aéreas – ou de decidir para onde ir, no caso das promoções-relâmpago

Vá depois: o miolo dos feriados é fonte fértil de passagens mais baratas, especialmente no caso dos destinos próximos, no Brasil ou pela América do Sul. A dica vale inclusive nos concorridos carnaval e réveillon. Se a folga vai de sábado a terça, vá na manhã de domingo e volte no fim da quarta-feira ou na quinta bem cedo. Guarde folgas no trabalho para usar nessas situações

Olhe além: amplie o foco da busca para a categoria de passagem imediatamente superior à coluna das mais em conta, principalmente se você vai viajar com criança de até 12 anos incompletos. Muitas empresas oferecem a meia tarifa apenas nos bilhetes não descontados; na soma total dos valores, a viagem em família pode sair mais em conta sem promoção 

Pacote: por mais independente que seja o seu perfil de viajante, pesquise pacotes, especialmente se você quer ir para algum lugar muito concorrido, como capitais europeias ou cidades nos Estados Unidos. Grandes operadores de viagens ganham no volume e são capazes de fechar acordos vantajosos, o que ajuda a baixar preços e a manter o câmbio congelado.

 

Tahiana Rodrigues (gerente de comunicação do Skyscanner)

Várias datas: compare datas. Dependendo do destino, há diferenças grandes de preços para voar sábado ou sexta-feira, na terceira ou na última semana do mês

Quando ir: um levantamento feito pelo Skyscanner e que avaliou milhões de voos nos últimos 3 anos indicou que o mês mais barato para ir à Europa é março; aos Estados Unidos, agosto

Alternativos: considere voar para aeroportos mais afastados; avalie voos com escalas – diretos podem ser mais caros

 *Skyscanner.com.br é um comparador de voos que permite buscas em 30 idiomas.

 

Ana Araújo (CEO do Mundi)*

Dia certo: segundo pesquisa do Mundi, segunda-feira é o dia da semana mais barato para voar a Buenos Aires e Santiago. Passagens para Miami, Nova York e Lisboa saem mais em conta às terças. Para Paris, vá numa quinta. Evite voar aos sábados

 *Mundi.com.br é um buscador e comparador de voos e hotéis

 

Nicolas Scafuro (Diretor para a América Latina do Kayak)*

Tendência: acompanhe a ferramenta Tendência de Preço no Kayak, que mostra se o momento é ideal para a compra ou se vale a pena esperar por mais descontos

Intervalo: entre 54 e 62 dias é a antecedência recomendada para a compra da passagem, intervalo em que os preços são menores e as empresas fazem promoções

 *Kayak.com.br é um buscador e comparador de preços de produtos turísticos

 

Leonardo Marques (Fundador do site Melhores Destinos)*

Sem exagero: antecedência demais atrapalha. Companhias aéreas não fazem promoção de seis meses a um ano antes da data pretendida para embarque. Três a quatro meses é o prazo razoável

Na madrugada: apesar do senso comum dizer que é possível encontrar passagens mais baratas em buscas online durante a madrugada, o que pode ocorrer é que reservas não confirmadas são desfeitas à meia-noite e, assim, bilhetes com preços vantajosos retornam ao sistema. “Mas é uma situação pontual”, diz Marques. “Nenhuma empresa faz promoção que começa e termina na mesma madrugada.”

Fim de semana: as promoções de fim de semana das companhias aéreas brasileiras costumam ser realmente vantajosas porque colocam à venda assentos que sobram nos voos que, durante a semana, são vendidos a preços mais altos para clientes corporativos

 *MelhoresDestinos.com.br é um guia brasileiro de dicas e passagens aéreas promocionais. Faz cerca de 50 mil buscas diárias