Paul Hackett/Reuters
Paul Hackett/Reuters

'Você vai conhecer o homem dos seus sonhos'

A maior prova de que Londres recebeu bem Woody Allen é que, desde 2005, o nova-iorquino rodou quatro filmes na capital inglesa - Match Point foi o primeiro. Além do sempre bem-vindo patrocínio do governo local, não dá para negar que algo na atmosfera da cidade encantou o diretor.

Felipe Mortara, O Estado de S.Paulo

03 Julho 2012 | 03h12

Longe de ser uma comédia romântica, Você Vai Conhecer o Homem dos seus Sonhos (2010) usa - ainda que timidamente - a cidade como pano de fundo para uma trama que discute desilusão amorosa e esoterismo. Se por um lado lugares tradicionais (como o Big Ben ou a London Eye) ficaram de fora da película, por outro uma dimensão cotidiana da metrópole dá um tempero mais real ao filme.

Vez ou outra, Allen dá um jeitinho do charmoso Notting Hill aparecer no filme. Alfie (Anthony Hopkins) sai da casa da família, no bairro londrino, em busca de uma vida mais emocionante. Sua mulher, Helena (Gemma Jones) passa então a se consultar com a vidente charlatã Cristal (Pauline Collins), que garante que um homem alto e moreno entrará em sua vida.

O bairro volta à cena nos passeios que o genro do casal, Roy (Josh Brolin), faz com sua bela vizinha, a talentosa violonista Dia (Freida Pinto), por quem se apaixona. Eles caminham pelos jardins nos arredores da Talbot Road, mas você não precisa se limitar a essa área: a região é repleta de lojas interessantes, feirinhas, cafés. Como o Raoul's Cafe, no número 105, que tem ótimos queijos e antipastos, ou a Pedlars, repleta de utensílios domésticos divertidos. No site do bairro você encontra outras dicas.

Enquanto isso, a filha do casal, Sally (Naomi Watts), cai de amores por Greg (Antonio Banderas). Ela nem parece a mesma moça que anos antes caiu de patins no River Banks, às margens do Tâmisa, onde foi socorrida - e se apaixonou - por Roy, seu marido. A região não é só para patinadores, claro. No South Bank Center há várias atrações: exposições, shows, cinema, bares ao ar livre. Ideal para um passeio nos dias mais quentes.

Entre uma consulta exotérica e outra, Helena passa a frequentar um simpático sebo na Bell Street, em Westminster. Na vida real, trata-se da Stephen Foster Bookstore, repleta de obras raras.

De volta ao filme: Helena se interessa pelo dono da loja, Jonathan (Roger Ashton-Griffiths), que vende livros de ocultismo e quer fazer contato com sua mulher, morta há pouco tempo. Helena e Jonathan acabam se beijando na Cleveland Square - local, aliás, onde foram rodadas várias cenas do filme.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.