Winter Park

Com certo clima de Europa e ruas de paralelepípedo, Winter Park é uma pequena e elegante cidade de 30 mil habitantes da região metropolitana, em tudo diferente das outras áreas de Orlando, ótima para descansar da maratona de parques, compras e das velozes avenidas e autoestradas.

O Estado de S.Paulo

08 Janeiro 2013 | 02h11

A área foi criada no fim do século 19 como refúgio de inverno para endinheirados - daí seu nome e as belas casas às margens dos lagos Osceola e Maitland, que podem ser vistas em um tour de voadeira do Scenic Boat Tour (scenicboattours.com; US$ 12). Da época, preservou a calmaria, que se traduz, hoje, em moradores caminhando pelas ruas; um museu, Morse (morsemuseum.org), com admirável coleção dos trabalhos do designer em vidro Louis Comfort Tiffany (1848-1933), filho do fundador da joalheria; e comércio interessante e inesperado pela Park Avenue, a principal.

The Doggie Door (thedoggiedoor.com), por exemplo, é pet shop de um lado e loja de presentes de outro. Taças, velas acomodadas em antigas garrafas de vinho, objetos de decoração e de cozinha são ótimos presentes. A aromática The Spice & Tea Exchange (spiceandtea.com) encanta olhos e olfato com recipientes de temperos e chás. E a Sassafras Sweet Shoppe (sassafras sweetshoppe.com) se define como uma "loja de doces vintage". Dá para gastar uma boa meia hora entre pirulitos e marshmallows.

Vinho. O endereço imperdível de Winter Park é o Wine Room (thewineroomonline.com). No salão de degustação, 150 rótulos estão à disposição em máquinas que liberam doses de vinho. Carrega-se um cartão pré-pago com qualquer valor, que será depois inserido nas máquinas para o pagamento. Dá para experimentar vinhos de todo tipo, dos que custam US$ 1,50 a dose aos que sairiam por US$ 500 a garrafa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.