6 razões para fazer uma conexão em Istambul na sua próxima viagem
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

6 razões para fazer uma conexão em Istambul na sua próxima viagem

amandanoventa

13 de dezembro de 2019 | 11h00

 

Istambul é a maior cidade da Europa e isso pode causar um receio (ou preguiça) na hora de pensar em fazer uma conexão pela cidade. A boa notícia é que conhecer as atrações da cidade é mais fácil do que você imagina. Tudo fica relativamente perto, o que ajuda a otimizar o tempo. Abaixo eu separei algumas razões para você aproveitar um dia na cidade, mas antes uma dica de ouro pra você.

 

Dica de ouro para conexão de um dia em Istambul

Uma das minhas maiores descobertas nos últimos tempos foi saber que a Turkish Airlines oferece para todos os seus passageiros um tour gratuito pela cidade – o TourIstanbul. Basta você ter uma conexão mínima de 6 horas e você já consegue fazer os passeios. No tour estão incluídos: transfer de/para o aeroporto e para todas as atrações, refeições, guia de turismo em inglês e também as entradas para as atrações. E para contratar o serviço, nem precisa reservar. É só ir até o chamado Hotel Desk no terminal de chegada do aeroporto de Istambul.

 

Razões para aproveitar um dia em Istambul

1.Em 1 dia você consegue ver os principais pontos turísticos da cidade

Como as principais atrações ficam próximas uma das outras, dá para conhecer bastante coisa em um dia em Istambul. Principalmente se você aproveitar as facilidades do TourIstanbul da Turkish Airlines que poupa você da preocupação com guia e transfer. Em uma manhã você consegue ir à mesquita Azul, Santa Sofia, Cisterna e Grand Bazaar. A tarde você pode reservar para um passeio em Karakoy e Torre de Galata. 

 

Imagem: instagram @mehmetshhn

 

2. Conhecer a diversidade religiosa e cultural da maior cidade da Europa

Istambul é multicultural. Não dava para esperar diferente de uma cidade que está em dois continentes – Europa e Ásia. E também é multi religiosa com muçulmanos, católicos, judeus e ateus convivendo juntos e em paz. Em alguns bairros da cidade é possível encontrar uma sinagoga, igreja e mesquita bem próximas uma da outra. O turista brasileiro acaba se interessando mais pelo islamismo por ser uma religião mais distante no Brasil. Se for o seu caso também, não pode deixar de visitar os principais cartões postais de Istambul – a mesquita Azul e Santa Sofia que já foi uma basílica, uma mesquita e hoje é um museu. 

Imagem: instagram @amandanoventa

 

3. A gastronomia na Turquia é deliciosa

Comer na Turquia é um prazer só. E estar lá é uma grande oportunidade de provar um kebab de verdade e na sequência uma baklava de sobremesa. Tem ainda um pão chamado Gozleme que é uma delícia. Mas eu gosto mesmo é do fusulye, um prato típico de feijão branco com molho. E se for para recomendar algo para um dia só, aproveite para almoçar num restaurante do mesmo nome do prato (Fusulye) que fica no charmoso bairro de Karakoy, perto de vários outros pontos turísticos.

 

4. Um dia é tempo suficiente para tomar um chá turco

Os turcos tomam chá o dia todo. Não importa se é inverno ou verão, para relaxar ou com os amigos – o chá é parte da rotina turca. Para o meu paladar, o chá preto é um amargo demais. Mas vale a pena experimentar. Os turcos gostam de colocar uma folhinha verde no chá também – eu acho um charme, mas com certeza eles diriam que tem alguma função saudável.

Imagem: reprodução do instagram @visit_istanbul_official

 

5. Um bairro já te ajuda a conhecer bastante sobre a cidade

Já que você tem somente um dia, minha sugestão é dar uma boa caminhada pelo bairro de Karakoy que lá você vai ter uma boa ideia de Istambul. Vai encontrar lojas e brechós, restaurantes típicos e muitos cafés. Vai ser um passeio com prazer. Se tiver mais tempo, vale ir até o bairro de Balat, que é bem mais residencial e multi religioso – mas cheio de ladeiras também. Haja fôlego.

Imagem: instagram @amandanoventa

 

6. Conhecer um dos mercados mais antigos do mundo, o Grand Bazaar

Aberto em 1461, o Grand Bazaar é um dos mais antigos e maiores mercados cobertos do mundo. São mais de 1200 lojas em 58 ruas cobertas. Lá você encontra os itens típicos da turquia – tapetes, pimentas, lanternas, cobre, couro, etc. Mesmo se você não estiver a fim de comprar nada, vale dar uma passada para conhecer este que é um dos mercados mais famosos do mundo.

Amanda viajou para Istambul a convite da Turkish Airlines. As opiniões são pessoais da autora. Acompanhe no instagram @amandanoventa

Mais conteúdo sobre:

IstambulEuropaÁsiaturquia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.