10 experiências para viver em Las Vegas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

10 experiências para viver em Las Vegas

amandanoventa

29 Agosto 2018 | 14h39

Foto: REUTERS/Lucy Nicholson

Las Vegas é um lugar para viver experiências. Não importa a idade, não importa a época do ano e nem a hora do dia. A cidade é alto astral o ano inteiro, o dia inteiro. Pode ser que você fique perdido com tantas atrações na cidade. Mas separei algumas das coisas que mais gostei para você ter por onde começar.

Show das águas

É aquela atração que quando a gente ouve falar fica meio desconfiada se não se trata de uma cafonice. Mas vai por mim – é legal, é emocionante. Aliás, foi uma das atrações que eu mais gostei em Vegas. Funciona assim: a partir das 17h na frente do hotel Bellagio de meia em meia hora as águas da fonte fazem um verdadeiro balé ao som de alguma música. Tem Michael Jackson, Frank Sinatra, Britney Spears e eu duvido você não se emocionar com a música do Titanic. É para entrar no clima de Vegas. Se você quiser ter uma vista imbatível do show, vale a pena chegar no Hyde Bellagio, um bar do resort casino de onde você consegue assistir a tudo se tumulto e ainda tomando um drink.


Pelo menos um show de mágica, vai…

A princípio fiquei na dúvida sobre ir a um show de mágica. Como dizem os mais próximos, eu não tenho uma criança interior. Desconfiada e sem grana para pagar US$200 no show do David Copperfield (o maior de todos os tempos) optei pelo Mat Franco (a partir de US$48). Vencedor do America’s Got Talent, o mágico teve seu show eleito duas vezes pelo Las Vegas Review-Journal como o melhor da cidade. E eu adorei! Divertido, simpático e com truques que entretém. Saí do show com vontade de ver mais. Outro mágico importante na cidade é o Criss Angel, que após dez anos de shows em Vegas, fará sua apresentação final no dia 28/10 deste ano.

Tirolesa onde Vegas começou

Longe da Strip, em Downtown, você encontra a Fremont St que é onde Vegas começou com os primeiros hotéis e casinos. Após uma fase de decadência por conta da construção da Strip, a Fremont hoje está revitalizada e divertida. Um dos destaques é uma tirolesa que atravessa a rua toda. Vá à noite que é quando tudo fica mais iluminado, incluindo um teto cheio de luzes.

Provar os drinks criativos de Vegas

Eles estão por toda parte, mas acabei conhecendo o Juniper Cocktail Lounge que tem a maior coleção de gin em Las Vegas. A sensação é o divertido Little Birdie, no qual você toma o drink numa taça de passarinho (no rabinho do passarinho, eu diria) e um maço de manjericão faz as vezes das penas. Outros deliciosos são o Cucumber Cooler, que parece uma bola de cristal e o No Judging que parece uma lâmpada do gênio onde o bartender coloca fogo no manjericão, de novo, que decora o drink. O Juniper Cocktail Lounge fica no resort Park MGM (onde após esses drinks todos você também pode jantar no meu restaurante preferido da viagem, o Bavette’s Steakhouse & Bar.

Foto: Amanda Noventa

Museu do Neon

Você sabe, os sinais de neon estão por toda parte em Vegas. E o museu parece um quintal de sinais de neon que não são mais usados na cidade. Há em torno de 120 deles contando a história de Vegas.

Foto: Visit Las Vegas

Roda gigante High Roller no The Linq

A roda gigante no The Linq é uma das atrações mais novas de Vegas e oferece uma vista 360° da cidade a uma altura de 152 metros. A volta toda dura 30 minutos e é mais barato ir de dia (US$25), mas à noite a vista é mais bonita (US$37). Eu não tive coragem, mas me hospedei no The Linq e tive essa vista no meu quarto:

Conhecer uma cidade fantasma próxima a Vegas

Quem gosta de coisas diferentonas e velharias vai se divertir em Nelson Ghost Town, a uma hora de Vegas. É uma cidade fantasma no meio do deserto, abandonada mas também com algumas quinquilharias trazidas até ali (como duas carcaças de avião). Tem também um cadillac rosa, posto de gasolina abandonado e outras curiosidades. Dirigindo mais 10 minutos você encontra no meio do deserto o Rio Colorado.

Foto: instagram @amandanoventa

Valley of Fire

Localizado a uma hora de Vegas, é fácil pegar um carro, dirigir pelo deserto e chegar no Valley of Fire onde você encontra uma paisagem repleta de rochas com formações únicas – algumas formam um arco-íris, outras uma escultura. É o tipo de paisagem e de formação rochosa que você não vê aqui pelo Brasil. Mas se for no verão americano prepare-se para o calor do deserto – o lugar costuma ser em torno de 5 graus mais quente que Vegas, ou seja, é fácil chegar aos 45 graus.

Foto: Nevada State Park

Compras no Outlet

Não faltam lugares para fazer compras em Las Vegas. Mas se você quiser fazer compras modo hard, recomendo os outlets da cidade com bons preços. Os principais são: Las Vegas North Premium Outlets e Las Vegas South Premium Outlets. Visitei o North Premium e nele você encontra diversas lojas como: Puma, Nike, Adidas, Michael Kors, Marc Jacobs, Guess, Sunglass Hut, etc. Uma boa dica é baixar o app do grupo de outlets ~ Simon ~ para obter mais descontos ainda nas lojas.

Outros bons lugares fora do outlet são o The Shops at Crystals, localizado na Strip e também o shopping que fica dentro do Caesar Palace, onde você encontra lojas como Apple, H&M, Body Bath and Beyond, entre outras.

Massagem para fechar

Eu deixaria para o último dia, depois de todo o agito de Vegas, uma massagem para relaxar. Experimentei a do Spa Mandalay localizada no Mandalay Bay Resort and Casino. Neste spa dá para você reservar uma massagem ou comprar o passe de um dia para relaxar. Com 2787 metros quadrados, o spa conta com piscinas de hidromassagem de diferentes temperaturas de água. Um oásis dentro do agito de Vegas.

Amanda Noventa vive de viagens. Acompanhe suas aventuras no instagram @amandanoventa.

 

 

Mais conteúdo sobre:

Las vegasnevadaexperiência