Viajar para Cuba antes que o país mude? Já mudou.
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Viajar para Cuba antes que o país mude? Já mudou.

amandanoventa

26 Julho 2018 | 09h37

O que eu mais ouço por aí de quem tem vontade de viajar para Cuba é o papo de que “preciso ir pra lá logo, antes que mude”.

Bom, já mudou. Está mudando.

Fui pra lá há quatro anos, quando Obama ainda não tinha suavizado as coisas para o lado dos americanos. Além dos cidadãos não poderem entrar no país, nada que fosse americano também não entrava: rede de hotéis, empresas de cartão de crédito, cruzeiros de navio e restaurantes americanos.


O pior é que havia uma dificuldade em encontrar certos produtos como pasta de dente, sabonetes e outros itens no supermercado. Pior para os próprios cubanos, não pra mim, turistona que só estava passando dez dias no país. Meu único sofrimento era o white people problem de não existir tempero na comida. Sal era difícil. Maionese e ketchup nem pensar. Já o fato de não ter internet (apesar de estar hospedada num dos principais hotéis de Havana) não me abalou. A gente aproveita e faz um detox digital nessas horas.

Hoje os navios de cruzeiro já podem chegar em Havana, a internet melhorou, há mais lojas, mais produtos e americanos rodando pela cidade. Mudança boa para uns, ruim para outros… não dá pra julgar.

Mas uma das maiores mudanças acontecendo neste momento é que a Assembleia Nacional de Cuba debateu uma possível reforma constitucional, que vai possibilitar o país a se abrir para o mercado e investimento privado, mas sem abandonar as raízes socialistas. A figura do presidente da república vai voltar e poderá governar por no máximo 5 anos, o termo “sociedade comunista” é excluído da constituição e o país passa a reconhecer o casamento homossexual no país. 

No mais, os carros antigos continuam desfilando por Cuba já que são a grande atração turística. As ruas e prédios históricos continuam sendo restaurados, o mojito continua sendo o melhor do mundo, o jazz cubano continua deixando qualquer um apaixonado e as pessoas devem viver ainda mais felizes. Cuba mudou e continua mudando, possivelmente para melhor.

Siga as viagens e aventuras de Amanda no Instagram @amandanoventa e no youtube Amanda Viaja.