Boeing 777 300ER Air Canada: voo SP-Toronto com mais assentos em 2020

Boeing 777 300ER Air Canada: voo SP-Toronto com mais assentos em 2020

Para 400 passageiros, o Boeing 777 300ER Air Canada substitui o 787-900 Dreamliner no voo diário São Paulo-Toronto; um aumento de 34% em total de lugares

Nathalia Molina

14 de dezembro de 2019 | 06h49

O voo São Paulo e Toronto terá avião novo a partir de março de 2020. Com 400 assentos, o Boeing 777 300ER Air Canada substitui o 787-900 Dreamliner, que transporta até 298 passageiros. Isso representa um crescimento de 34% no total de lugares disponíveis na rota entre o Brasil e o Canadá. De acordo com a companhia aérea, o aumento foi necessário devido à alta taxa de ocupação, acima de 85%.

__________

Se você planeja ir ao Canadá, veja dicas grátis e completas de Toronto, de Montréal e de Vancouver e confira ainda hotéis em Toronto e hotéis em Vancouver. Leia também informações gerais em tudo sobre o Canadá e comidas típicas do Canadá.

__________

Classe econômica da Air Canada – Fotos: Divulgação

Desde 2016, a rota que liga diariamente o Brasil ao Canadá é feita pelo Boeing 787-900 Dreamliner, primeiro avião da companhia a oferecer no Brasil a Air Canada premium economy — eu experimentei essa classe no 1º voo do 787-900 Dreamliner que partiu de São Paulo em dezembro daquele ano e conto como foi a experiência no texto do link. A premium economy é uma classe econômica com diversos benefícios, entre eles, o espaço maior entre as poltronas e check-in prioritário.

Premium economy, com mais espaço e embarque prioritário

Os passageiros do voo direto São Paulo-Montréal também voam no Boeing 787-900 Dreamliner Air Canada. Com 3 frequências por semana em cada trecho, essa ligação entre o Brasil e a província francesa de Québec está sendo realizada pela companhia aérea durante este inverno canadense, até 27 de março.

Distribuição dos assentos do Boeing 777 300ER Air Canada

O atual avião nos voos de São Paulo para Toronto e para Montréal, o Boeing 787-9 Dreamliner, tem 298 assentos, sendo 30 na signature class (como é chamada a business ou executiva da companhia), 21 na premium economy e 247 na econômica.

Avião 777-300ER na rota SP-Toronto a partir de março de 2020

Em março de 2020, o voo temporário São Paulo-Montréal é suspenso, mas a Air Canada aumenta a sua capacidade em 102 assentos nas frequências diárias entre o Brasil e Toronto com o novo avião, Boeing 777-300ER. Os 400 lugares da aeronave se distribuem entre as 3 classes de serviço: 40 na executiva, 24 na premium economy e 336 na economy.

Na classe econômica do 777-300ER, os lugares são dispostos em fileiras com 3 assentos nas pontas (perto das janelas) e 4 no meio. Já na premium economy a configuração é 2 x 4 x 2. A executiva mantém a disposição de 4 assentos por fileiras, com baias individuais.

Executiva da Air Canada com baias individuais

Classe econômica no 787-9 Dreamliner e no 777 300ER

Nos 2 aviões da Air Canada, há telas individuais para os passageiros de todas as classes. Tomadas para carregar eletrônicos estão em cada assento na premium economy e na executiva; na classe econômica, estão entre as poltronas.

Além da capacidade de passageiros, do 787-9 Dreamliner para o 777 300ER, mudam o espaço disponível para o passageiro e quanto os assentos reclinam. Na classe econômica, são assim:

Espaço para o passageiro
787-9 Dreamliner: 76,2 cm
777 300ER: 78,7 cm

Quanto os assentos reclinam
787-9 Dreamliner: 12,7 cm
777 300ER: 15,2 cm


* Nathalia Molina é jornalista de viagem e especialista em Canadá. Também escreve o Como Viaja, com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Acompanhe pelo instagram @ComoViaja, pelo facebook ComoViaja e pelo canal do Como Viaja no YouTube

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.