Canadá reabre para brasileiros vacinados; Coronavac está fora da lista

Canadá reabre para brasileiros vacinados; Coronavac está fora da lista

País aceita demais imunizantes aplicados no Brasil. Medida vale a partir de 7 de setembro e dispensa viajante de cumprir quarentena na chegada

Nathalia Molina

19 de julho de 2021 | 21h43

O Canadá reabre para brasileiros vacinados totalmente com imunizantes aprovados pelo governo do país. A medida vale a partir de 7 de setembro. Os voos da Air Canada entre São Paulo e Toronto têm retomada prevista para 2 de setembro, sendo a primeira decolagem do Brasil no dia seguinte. A lista de imunizantes aceitos pelo Canadá inclui AstraZeneca/Covishield, Pfizer, Janssen e Moderna, mas não Coronavac.

Aos poucos, vários países vão retomando o turismo internacional. No fim de semana, a França abriu para brasileiros vacinados e informou que também não aceita a vacina do laboratório chinês Sinovac – ainda há uma certa dúvida sobre a AstraZeneca/Covishield. No fim de junho, a Suíça já havia liberado a entrada de viajantes do Brasil imunizados. Nesse país, valem todas as vacinas aplicadas por aqui, já que os suíços aceitam os imunizantes aprovados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o que inclui a Coronavac.

Voos entre Brasil e Canadá devem voltar no início de setembro – Foto: Cidade de Toronto

Antes de abrir as fronteiras em setembro para todos os visitantes internacionais vacinados, o Canadá recebe americanos a partir de 9 de agosto. Além das quatro cidades canadenses que já recebiam voos internacionais – Toronto, Vancouver, Montréal e Calgary –, outras cinco passam a ter permissão para isso: Winnipeg, Edmonton, Halifax, Québec e da capital do Canadá, Ottawa.

Planeja viajar para o Canadá? Me conta lá no Instagram @ComoViaja

A abertura para o país vizinho servirá de base para entender como funcionará o retorno de outros visitantes internacionais. A preocupação do governo canadense é monitorar a situação da covid-19 no país após a reabertura das fronteiras.

Tudo vai depender de como estará o controle da pandemia no Canadá, onde atualmente quase 80% das pessoas acima de 12 anos receberam ao menos uma dose de vacina contra a covid-19. Metade da população a partir dessa mesma faixa etária já foi totalmente imunizada no país. Esses são números do governo canadense registrados até 10 de julho.

Pré-requisitos para viagem ao Canadá

No planejamento da viagem, o visitante deve usar o aplicativo ou o site ArriveCAN, para fornecer suas informações de saúde, incluindo o comprovante de vacinação. É importante verificar se a província ou o território visitado tem alguma restrição adicional, porque isso pode ocorrer.

Após a imunização completa (com duas doses, exceto no caso da Janssen), o viajante deve esperar pelo menos 14 dias antes de partir para o país. É necessário levar uma cópia impressa ou digital do comprovante de vacinação em inglês ou francês (ou com tradução certificada), para mostrar a um funcionário do governo, se for solicitado.

Distillery Historic District: área histórica em Toronto, com restaurantes e cafés – Foto: Ontario Travel

Na chegada ao país, o visitante não deve apresentar sintomas parecidos com os da covid-19 e deve estar disposto a ser submetido a um exame PCR, caso seja escolhido aleatoriamente para isso.

Voos da Air Canada para Toronto

A ligação direta entre Toronto e São Paulo tem volta marcada para 2 de setembro (Toronto/SP), com o avião 787-6 Dreamliner da Air Canada. Até 31 de outubro, serão três frequências semanais: terça, sexta e domingo do Brasil para o Canadá; e segunda, quinta e sábado no sentido contrário. A previsão é que os voos diários voltem a partir de 1º de novembro.

Ainda não foi divulgada a data de retorno do voo para Montréal.

* Sou jornalista de turismo e apresento o Como Viaja | podcast de viagem, com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Me acompanhe também no Instagram @ComoViaja para novidades e curiosidades

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.