Promoção 2-em-1 em atrações de Toronto no inverno

Promoção 2-em-1 em atrações de Toronto no inverno

CN Tower, aquário, museus, programas culturais e tours temáticos estão com desconto nos fins de semana de inverno em Toronto

Nathalia Molina

29 de janeiro de 2020 | 14h45

Atrações em ambientes fechados são sempre muito buscadas durante o severo inverno canadense. Considerando isso, quem estiver em Toronto nos próximos fins de semana pode aproveitar a promoção Spotlight Weekends, oferta no estilo 2-em-1 para entradas de diversos pontos turísticos da maior cidade do Canadá.

A icônica CN Tower, o bonito Ripley’s Aquarium of Canada, a histórica Casa Loma e o irreverente Bata Shoe Museum (um dos museus de Toronto) estão entre as atrações nas quais você compra dois ingressos pelo preço de um.

__________

Se você planeja ir ao Canadá, veja dicas grátis e completas de Toronto, de Montréal e de Vancouver e confira ainda hotéis em Toronto e hotéis em Vancouver. Leia também informações gerais em tudo sobre o Canadá e comidas típicas do Canadá.

__________

Crianças adoram o aquário de Toronto – Foto: Ripley’s Aquarium of Canada/Divulgação

Para quem usa o código SPOTLIGHT no momento da reserva, há ainda descontos em outras atividades em Toronto, entre elas, concertos e tours temáticos. Por exemplo, a apresentação de O Barbeiro de Sevilha, da Canadian Opera Company, tem redução de 30% em 2 de fevereiro. De 28 de fevereiro a 1 de março, a promoção é na Tasty Tours, que organiza passeios gastronômicos com comidas em geral e focados em chocolate.

Os atrativos com desconto mudam de acordo com a data da viagem. A promoção vale para os fins de semana entre 31 de janeiro e 1 de março, exceto de 14 a 16 de fevereiro. Veja a lista completa na página do Toronto Tourism para a promoção.


* Nathalia Molina é jornalista de viagem e especialista em Canadá. Também escreve o Como Viaja, com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Acompanhe pelo instagram @ComoViaja, pelo facebook ComoViaja e pelo canal do Como Viaja no YouTube

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.