A encantadora Santa Barbara

A encantadora Santa Barbara

Mari Campos

26 de agosto de 2019 | 15h53

A pequena cidade de Santa Barbara, na Califórnia, é um destino apaixonante – e à primeira vista. Tem tudo aquilo da Califórnia dos postais – praia, areia clara, palmeiras e coqueiros na orla, kombis entre o hippie e o hipster por toda parte -, mas vai muito, muito além dos estereótipos.

Depois de mais de uma semana de dias de chuva e friozinho na Califórnia, Santa Barbara me recebeu com dias longos, cálidos e ensolarados. A arquitetura da cidade, majoritariamente tomada por casinhas coloniais de paredes branquinhas, é de encher os olhos. O centro da cidade é simplesmente delicioso de bater perna, dia e noite: há bares, lojas, cafés e restaurantes de todo tipo, além de encantadores jardins e praças aqui e ali. E com um jeito descolado de California mesmo, sem frescuras. O centrinho de Santa Barbara está em franca evolução, com novidades chegando todos os meses – inclusive uma belíssima adição hoteleira à cidade, o novo Hotel Californian, que leva o selo da Preferred Hotels. Seu Mirador Rooftop tem vistas lindas da cidade e das praias e faz eventos ocasionais ao por-do-sol.

A beleza arrebatadora das montanhas, arquitetura colonial e praias de Santa Barbara. Foto: Mari Campos

Para explorar a cidade, é boa pedida também alugar bikes para percorrer a orla, entrar num tour em bonde pela cidade toda (os tours são guiados mas é possível subir e descer nas paradas que mais interessarem) ou ainda embarcar em um dos cruzeirinhos de uma hora e meia que contornam o waterfront atrás de golfinhos e leões marinhos (há desde opções meramente panorâmicas até opções de uma hora e meia de passeio com open bar).

Nos finais de tarde e noites o grande programa é rumar para a Funk Zone, a área da cidade totalmente revitalizada que reúne agora ali deliciosas lojas, restaurantes, cervejarias artesanais e wine rooms. Vale a pena ir no final de tarde para pegar as lojas todas abertas; algumas são bem legais, com peças bem fora do óbvio. Para comer e beber, recomendo fortemente os drinks e o jantar do descolado Lark (imperdível!) e o generoso wine tasting da descolada Pali Wines (pegue uma das mesinhas do terraço para fazer também people watching enquanto degusta os vinhos).

Cruzeirinho para ver Santa Barbara do mar. Foto: Mari Campos.

Para ajudar, fiquei hospedada no adorável Belmond El Encanto que, como seu nome já deixa claro, é mesmo um encanto de propriedade: instalado nas montanhas de Santa Bárbara, tem vistas panorâmicas para a cidade e a praia e os quartos todos em forma de bangalô, cada um com jeitinho de casinha colonial. E nem adianta usar o argumento de que fica afastado do centro e da praia para desmerece-lo: além de ser a lindeza em forma de hotel, ainda conta com um bem boladíssimo serviço de transfer in e out pra qualquer ponto na cidade sem absolutamente nenhum custo. Da pra ler minha review completinha sobre o hotel Belmond El Encanto aqui.

Detalhe do belo Belmond El Encanto. Foto: Mari Campos

Quem fica mais tempo em Santa Barbara pode também fazer dela a base perfeita para conhecer a herança dinamarquesa da pequena Solvang (uma gracinha de cidade e super fácil de explorar em um bate-e-volta) e os deliciosos vinhedos do Vale de Santa Ynez. A região vinícola de Santa Barbara ficou internacionalmente conhecida por causa do filme Sideways e seus vinhos e vinhedos são mesmo parte importante de uma viagem para lá – são mais de 120 vinícolas diferentes no vale. Dentre as opções mais legais,  The Brander Vineyard, Carthartt Vineyard, Rusack Winery e Buttonwood Farm Winery.

Juntar Solvang e vinhedos do vale em um mesmo dia faz uma dobradinha simplesmente perfeita para um day tour – dá pra fazer de carro se tiver alguém abstêmio no grupo ou apostar em um dos muitos day tours oferecidos nas recepções dos hotéis de Santa Barbara. Pela Highway 246 são inúmeras vinícolas no caminho, com deliciosas possibilidades para parar e passear, com as cidadezinhas de Los Olivos e  Santa Maria. Com o fígado em dia, dá para juntar também ao roteiro a cidadezinha de Buellton, que é cheia de destilarias e cervejarias artesanais.

Dá para ler mais sobre Santa Barbara e as minhas andanças pela California aqui.

Mais conteúdo sobre:

CalifórniaEUASanta BarbaraBelmond