A nova bossa de Tampa

A nova bossa de Tampa

Mari Campos

29 Janeiro 2019 | 08h05

A fachada do delicioso Tampa Heights Market. Foto: Mari Campos


Na primeira quinzena de janeiro, entre meu loooongo reveillon em Orlando e uns dias em Daytona Beach para participar pela primeira vez do Florida Huddle (promovido pelo Visit Florida, um dos maiores eventos de turismo voltados para o “sunshine State”), aproveitei para escapar a Tampa, uma cidade que há muito tempo eu não visitava. E quanta mudança nestes meus anos de ausência por lá!

A cidade sossegada e um tico sisuda que conheci no passado definitivamente ficou para trás. Encontrei agora uma Tampa absolutamente descontraída e vibrante, com um mix incrível de arquitetura histórica e grandes marcos contemporânos, muita influência cubana e espanhola na cultura e na gastronomia, bairros cheios de bossa e uma riverwalk simplesmente imperdível.

Muito mais que “a cidade do Busch Gardens“, Tampa está virando um destino cheio de predicados por si própria. Foi historicamente lar dos índios nativos Tocobaga, Calusa, Seminole e Miccosukee e muitos de seus artefatos tribais estão expostos no Centro Histórico de Tampa Bay. As histórias do pirata espanhol José Gaspar são contadas por lá de geração em geração – e milhares de turistas viajam à cidade todos os anos para participar do Festival Gasparilla, em janeiro, que conta com muita música e, claro, encenações da invasão pirata à cidade.

A Riverwalk de Tampa é cheia de espaços públicos mega democráticos. Foto: Mari Campos

Ybor City é um dos mais icônicos bairros de Tampa. Tem alma cubana, hoje misturada com uma bela pegada hipster. É chamada por alguns de “cidade dos charutos” porque do século XIX até hoje algumas casas enrolam ali charutos cubanos manualmente – fãs podem comprar charutos dos primeiros fabricantes de Ybor, Tampa Sweethearts Cigar e J.C. Newman Cigar Company, artesanalíssimos. É também em Ybor City, entre bondes, lojas de vinil, studios de tatoo e muitos cafés e bares, que fica o Columbia Restaurant, o mais antigo restaurante da Flórida – e o bairro ainda tem uma vida noturna bem agitada.

Hyde Park é o bairro para quem busca restaurantes e compras upscale e de luxo. Há mais lojas e restaurantes também no Channel District. Já Seminole Heights e SoHo oferecem extenso cardápio para a programação noturna. Mas é Downtown Tampa que anda ganhando mais holofotes ultimamente. O bairro é hoje repleto de parques urbanos, incluindo a simplesmente imperdível (e cada vez mais longa!) Tampa Riverwalk, repleta de museus, restaurantes, bares e mercados cheios de bossa. Há espaços públicos super democráticos, parques e praças extremamente bem cuidados e ainda uma infra-turística enorme, de aluguel de caiaques para remar no rio a charmosos water taxis que conectam as principais atrações da Riverwalk dia e noite.

Das coisas que vi pela Riverwalk desta vez, as que mais gostei foram o delicioso restaurante étnico Ulele, que celebra a influência nativa na gastronomia associada ao uso de ingredientes locais, e o imperdível mercado Tampa Heights Public Market, logo ao lado. Cheio de bossa, o Tampa Heights reúne diversos bares, cafés, restaurantes e lojas bem locais, todos compartilhando o mesmo teto, dia e noite – uma pedidaça para food lovers de plantão. E ainda tem espaços públicos excelentes, cobertos e descobertos, incluindo poltronas externas perfeitas para ver o por-do-sol dali mesmo. Como eu já tinha reserva para jantar no Ulele, aproveitei para tomar ótimos drinks antes do jantar no The Bar at Armature, todo com barwomen (ao menos na noite em que fui).

Criatividade e ótimos drinks no The bar at Armature. Foto: Mari Campos

Além disso, há diversas ciclovias e trilhas para caminhadas tanto na cidade em si como em seus parques mais famosos, como Hillsborough River State Park e Lettuce Lake Park. E quem gosta de vida selvagem ainda pode avistar por lá tartarugas, crocodilos e até peixes-boi. Aliás, a cidade conta também com o TECO Manatee Viewing Center , uma espécie de santuário desses animais. Fãs de museus não devem perder o incrível Tampa Museum of Art. Já os pequenos têm diversão garantida no Glazer Children’s Museum (repleto de exposições interativas nas quais as crianças podem “exercitar” diferentes profissões, por exemplo), no ZooTampa e no Florida Aquarium.

E mais: bem pertinho de Tampa fica a bela Madera Beach, uma das praias mais gostosas da Flórida, dona de um por-do-sol simplesmente matador!

Mais conteúdo sobre:

TampaFlóridaEUADestinosGastronomia