Caminho de Santiago tem mais restaurantes estrelados no Michelin

Caminho de Santiago tem mais restaurantes estrelados no Michelin

Mari Campos

12 de junho de 2022 | 09h43

Nem só de botas surradas se faz um bom Caminho de Santiago. Com o crescimento da procura pelas formas mais confortáveis e luxuosas de fazer parte das rotas do mítico Caminho em território espanhol, a boa mesa tem cada vez mais importância nessa viagem. Não à toa, agora o Caminho de Santiago tem mais restaurantes estrelados no Michelin também.

ACOMPANHE A @MARICAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

.

Cozinha estrelada sem formalidade

A boa mesa nunca foi raridade na Espanha; eis aí um país no qual se come muito bem regularmente. Mas, conforme a hotelaria estrelada foi ganhando mais destaque, importância e popularidade no Caminho de Santiago, a gastronomia mais caprichada foi acompanhando de pertinho esse movimento.

Nas regiões espanholas da Galícia e de Castilla y León, que juntas concentram os 500km finais do Caminho de Santiago, 2022 trouxe um novo recorde de restaurantes estrelados no Michelin: 29 estabelecimentos orgulhosamente premiados pelo guia. Alguns deles já são tão badalados entre locais e visitantes que, sem reservar com boa antecedência, fica impossível conseguir uma mesa durante a viagem. É o caro, por exemplo, de restaurantes como Mu-na (Ponferrada), Cocinandos (León), Pablo (León), Culler de Pau (O Grove), A Tafona (Santiago de Compostela) e Casa Marcelo (Santiago de Compostela).

Com um adendo importante para o turista que percorre essa mítica rota: em vários dos restaurantes estrelados ao longo do Caminho de Santiago, ao contrário do que acontece em tantos outros destinos europeus, a informalidade e a valorização da cozinha local continuam dando o tom. Muitas vezes são restaurantes essencialmente espanhóis, às vezes com bem-vindos toques fusion, mas que mais se parecem com populares bares de tapas – com preços também bastante democráticos.

LEIA TAMBÉM: Classe executiva à moda portuguesa

ACOMPANHE A @MARICAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

.

De olho nos “sem estrelas” também

É fundamental, entretanto, lembrar que não só de restaurantes estrelados se faz a boa mesa ao longo do Caminho de Santiago. Há inúmeros restaurantes ao longo das diferentes rotas do Caminho que não ostentam estrela nenhuma e, nem por isso, deixam de lado a excelência gastronômica – muito pelo contrário!

Uma ótima surpresa da minha mais recente viagem por lá, em abril último, foi o O’Fragon, no caminho a Fisterra. Ali, não bastassem os excelentes pratos galegos, muito frescos e bem apresentados, e o serviço impecável, a vista é absolutamente deslumbrante. Outra opção deliciosa é o charmoso restaurante Filigrana, dentro do adorável hotel Relais&Chateaux A Quinta d’Auga.

A região da Galícia é cada vez mais fértil também em vinícolas premiadas ao longo do Caminho de Santiago. Um bom exemplo é a Terras Gauda, famosa pelos seus vinhos albariño/alvarinho muito frescos.

E há (muito) espaço para os bons drinks com curadoria também, principalmente nas grandes cidades, como Burgos, León, Pontevedra e Santiago de Compostela. Meu favorito da vez foi a imperdível vermuteria Rua 11, em León. A casa conta com nada menos que duzentos rótulos diferentes de vermute em seu menu, em um ambiente muito, muito espanhol – puro deleite para fãs da bebida, como eu. Além disso, tem também excelentes tapas feitas na hora – destaque absoluto para as deliciosas croquetas.

LEIA TAMBÉM: O caminho de luxo que leva a Santiago de Compostela

.

.

Antes de voltar ao Brasil

Se precisar fazer pernoite em Madri antes de pegar seu voo de volta para o Brasil, sugiro considerar a estadia no Hilton Madrid Airport. Fiquei novamente hospedada neste charmoso hotel nos arredores do Aeroporto de Barajas ao terminar a viagem pelo Caminho de Santiago e, mais uma vez, a estadia foi redondinha. Bom serviço de transfer gratuito ida e volta ao aeroporto, quartos bastante espaçosos, contemporâneos e confortáveis e um serviço de café da manhã incluído na diária bem completo. O hotel segue com o lounge executivo ainda em reforma, infelizmente, mas hóspedes com status premium no programa Hilton Honors recebem um voucher para drinks e tapas no bar do hotel.

ACOMPANHE A @MARICAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.