O que há de novo na Flórida

O que há de novo na Flórida

Mari Campos

05 de fevereiro de 2019 | 08h25

Por do sol matador em Madera Beach. Foto: Mari Campos

Faz tempo que a Flórida é o Estado queridinho dos brasileiros nos EUA. Batemos frequentemente recordes de visitação, somos habitués de alguns hotéis e boa parte das grandes lojas já se acostumou com nossos padrões de consumo. Mas, enquanto lotamos sobretudo as bases de Orlando e Miami, é preciso lembrar que existem outras “praças” a serem exploradas no “Sunshine State”.

Não estou jogando contra, não. Sou super a favor de escolher cidades com grande infra para montar nossa base em viagens.  Sem contar que Orlando e Miami vivem se reinventando. Em Orlando, novos hotéis abriram suas portas, os malls e outlets não param de expandir, há novos restaurantes todos os anos. Sem contar a Disney, que nos dá anualmente novos adoráveis motivos para voltar – acabei de conhecer, enfim, a nova Toy Story Land no Hollywood Studios e fiquei encantada; mal posso esperar pelo novo parque temático Star Wars: Galaxy’s Edge!

Miami também: a cidade investiu pesado em novos e excelentes museus (como o PAMM e o imperdível Frost), há novos restaurantes excelentes abrindo suas portas o ano todo (inclusive dentro dos grandes shoppings, como o Aventura Mall), Brickell ganhou recentemente nova vida e o Design District está cada vez mais gostoso, em todos os sentidos.

Mas é hora de os brasileiros se arriscarem também na vibrante Tampa, como comentei na semana passada. No por do sol inesquecível de Madeira Beach. No charme nostálgico de Naples e St Augustine, na nova cara de Marco Island, nos bons restaurantes de Palm Beach, nas experiências com peixes-boi em Crystal River, nas águas lindas e deliciosas das Keys… Novos hotéis também estão abrindo suas portas ao longo deste 2019 no Estado, como o esperadíssimo  Isla Bella Beach Resort  (em Knights Key, Marathon), que inaugura oficialmente no mês que vem.

Uma das clássicas atrações de Daytona Beach. Foto: Mari Campos

Nesta minha última viagem para lá, conheci também Daytona Beach. Já tinha passado pelo destino rapidamente mas desta vez, instalada lá para participar de um evento de turismo (o Florida Huddle), tive tempo para conhecer de verdade os atrativos da região. Lembrada pelos brasileiros como uma cidade importante para o automobilismo, Daytona prova que vai muito além da Daytona International Speedway da NASCAR e se revela um belo destino de praia para curtir em família, a apenas uma hora de carro de Orlando (são mais de 30km de praia!).  Passeei pelo histórico Daytona Beach Pier, o Daytona Lagoon water park, a Boardwalk… Ainda há shows frequentemente no Daytona Beach Bandshell (a cidade é conhecida como “a capital dos festivais da Flórida”), o ótimo smithsoniano The Museum of Arts and Sciences e o bucólico farol Ponce de Leon Inlet Light Station (são 203 degraus para ter uma vista panorâmica de Daytona e seus arredores). Bom, e a o complexo da Daytona International Speedway também vale a visita, sim – fiz um tour guiado pelos bastidores bem interessante – disponível todos os dias em diferentes horários.

A cidade peca pela ausência de hotéis de luxo, mas tem, sim, bons hotéis na sua orla para quem resolver esticar o tour de um dia para um pernoite ou dois por ali, como o consistente The Shores Resort & Spa  e até o Hard Rock Hotel Daytona Beach (o melhor que já vi na rede), ambos de frente para o mar.