Os melhores rooftops e os restaurantes da vez de Madri

Os melhores rooftops e os restaurantes da vez de Madri

Mari Campos

05 de novembro de 2021 | 11h38

Durante esta temporada na Espanha, visitando minha irmã, escapei por uns bons dias de Salamanca a Madri para matar as saudades da capital espanhola. E, como em 2020 não visitei o país em função das restrições da pandemia, aproveitei para fazer um giro por novos rooftops e restaurantes na cidade.

ACOMPANHE A @MARICAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

Na coluna passada, contei um pouquinho sobre como tem sido viajar pela Espanha neste momento da pandemia e da reabertura do turismo também para brasileiros. No texto de hoje, vou reunir as melhores experiências em novos (e não-tão-novos-assim) cafés, restaurantes, bares e rooftops deliciosos em Madri para você colocar na sua listinha para quando você puder/quiser viajar à Espanha.

Importante: apesar da maioria dos lugares que mais gostei dessa viagem (listados abaixo) ficarem dentro de hotéis, vale destacar que todos estão sempre abertos também para não hóspedes.

VEJA TAMBÉM Comer bem e barato em Madri

LEIA MAIS sobre viagens a Madri em geral

.

.

Novos cafés e restaurantes em Madri

Flor y Nata. Instalado dentro do novíssimo hotel Rosewood Villa Magna, que acaba de abrir suas portas em Madri agora em outubro, esse adorável café é o mais bonito que já conheci na cidade. Além de lindo e acolhedor, com espaços distintos para quem quer socializar e quem quer apenas um cantinho para tomar um bom café e trabalhar, o Flor y Nata tem um menu simplesmente delicioso de doces caprichadíssimos, no melhor estilo da pâtisserie francesa (o “texturas de chocolate” é divino!). Os cafés e chás da casa também são excelentes e funciona dia e noite. Entre 16h30 e 19h, servem um impecável e completíssimo “afternoon tea” à inglesa, tão farto bem servido que vale de fato por uma refeição completa. Para o serviço de chá da tarde é importante reservar previamente.

.

Las Brasas de Castellana. Também localizado dentro do novo Rosewood Villa Magna, o Las Brasas tem mesas espaçadas dentro de salões envidraçados que permitem visão constante para o Paseo de la Castellana. Com cozinha aberta, a gente consegue acompanhar toda a ação do preparo dos pratos. O forte da casa, é claro, são os grelhados e parrillas de todo tipo – comi um polvo excelente!

.

Palm Court. O grande destaque gastronômico do novo Mandarin Oriental Ritz Madrid é o belo restaurante Deesa, do estrelado chef Quique Dacosta. Mas Quique cuida, na verdade, da gastronomia servida em todos os restaurantes e bares do hotel e até do serviço de quarto do hotel. O Palm Court, bem no coração do hotel, fica sob um lindo teto abobadado de cristal e oferece refeições refinadas do café da manhã ao jantar (e também chá da tarde). O menu de Quique Dacosta para o Palm Court adaptou os clássicos do Ritz a tendências contemporâneas. das composições à apresentação. Minha sugestão é ir para o almoço para aproveitar a beleza do local inundado de luz natural e pedir uma bela massa trufada e uma deliciosa torrija de sobremesa.

.

Montmartre 1889. Instalado dentro do belo hotel Palacio de Los Duques, do luxuoso portfólio da Leading Hotels of the World, bem diante do Palácio Real de Madrid, o Montmartre 1889 é um diminuto restaurante-vinoteca que propõe uma mini viagem através da gastronomia espanhola e francesa. Decorado como um bistrozinho francês e com excelente serviço, tem no menu pratos com releitura contemporânea de clássicos das distintas regiões dos dois países vizinhos. Recomendo muito começar com um dos deliciosos drinks do menu do bar e pedir pratos bons de compartilhar, como a burrata e o delicioso polvo com torilla e pimientos padrón. Em tempo: nos meses mais quentes é possível pedir os pratos do Montmartre 1889 no delicioso jardim interno no hotel.

ACOMPANHE A @MARICAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

.

Bares e rooftops em Madri

Dani Brasserie. O mais lindo rooftop madrileño fica dentro do novo hotel Four Seasons Madrid, instalado bem no centro da cidade, a passos da Puerta del Sol – e tem também o melhor serviço. A brasserie do chef celebridade Dani García é super casual, colorida e animada, com atendimento irrepreensível ao mesmo tempo. Tem um excelente café da manhã e ótimos menus de drinks, tapas, almoço e jantar que misturam especialidades do Dani estreladas no Michelin com a cozinha típica da Andaluzia – com as melhores vistas possíveis para a cidade!  Simplesmente imperdível – nem que seja para um drink com vista.

.

Pictura. O novo bar do hotel Mandarin Oriental Ritz Madrid é um dos mais bonitos bares que já vi! A discreta porta ao lado da recepção não revela nadica da beleza impressionante do bar por dentro. A atmosfera consegue ser vibrante e elegante ao mesmo tempo e provavelmente se tornará em breve um dos grandes hotspots da noite madrileña. O lindo balcão tem como pano de fundo um divertido mural com diferentes artistas espanhóis pintados como se fossem obras de arte comuns ao vizinho Museo del Prado. Os coquetéis são deliciosos, sempre servidos acompanhados por castanhas de caju e amêndoas tostadas e temperadas – e os barmen são verdadeiros showmen que parecem saídos de um filme de James Bond. Além do ambiente interno, conta também com uma pequena terraza ao ar livre nos dias de bom tempo.

.

Azotea del Circulo. Este espetacular rooftop em Madri fica no último andar do Círculo Bellas Artes, um centro de artes próximo ao Paseo del Prado e à fonte das Cibeles. As vistas para Madri lá do alto são simplesmente deslumbrantes e abrangem boa parte da cidade – uma das mais bonitas vê o icônico Metrópolis do alto, divina! A Azotea del Círculo abre dia e noite e, com diferentes ambientes, há espaço convidativo de sobra seja para tomar apenas um drink ou café, sem necessidade de reserva. Mas fui para almoçar e recomendo muito – boa comida mediterrânea e bom atendimento, com vistas divinas por todo canto. Além da enorme área ao ar livre, dividida em diferentes ambientes, a azotea tem também um pequeno restaurante fechado e climatizado – mas todo envidraçado, para ninguém perder nem um pouquinho da vista nem no auge do inverno.

.

.

DRY Martini. A imperdível casa do premiado Javier de las Muelas em Madri fica dentro do clássico Hotel Fênix, também parte do seleto portfólio da Leading Hotels of the World. Com ambiente mais conservador que nas outras casas de Javier e zero vibe festeira (pelo contrário, é extremamente tranquilo!), o DRY madrileño prima pelos excelentes bartenders – que ainda contam os martinis vendidos, um a um, desde a abertura do bar. Além dos excelentes drinks com e sem álcool, tem também ótima carta de tapas, pratos e sobremesas. Fomos para drinks e tapas e foi um excelente modo de jantar.

.

Tarde.O. O novo bar madrileño, inaugurado há apenas dez dias, fica dentro do Rosewood Villa Magna e tem atmosfera bastante elegante e intimista. Bom para um drink antes do jantar, seu interior sofisticado é decorado com obras de arte e o grande espaço ao ar livre tem sofás, poltronas e uma charmosa lareira horizontal. A casa serve também algumas tapas e está criando um cardápio de drinks exclusivos, como o “Alba Negroni”, um ótimo negroni que leva trufa proveniente de Alba na composição – e que recomendo bastante.

.

Sky bar 360. O rooftop mais instagramado de Madri nos últimos tempos fica no topo do hotel RIU Plaza de España e tem vistas realmente incríveis para a cidade. Mas ele cobra entrada de clientes que não sejam hóspedes do hotel, independente de consumirem bebidas no bar do local ou não (5€ 11h/17h e 10€ 17/0h e todo o final de semana). Instalado nos andares 26 (bar fechado com paredes de vidro) e 27 (terraço todo aberto) do hotel, tem vistas realmente 360 graus para Madri e é o mirante mais alto da cidade toda.  Vale a pena escolher um drink ou café e apreciar a vista; e, mesmo que não vá consumir nada, é super válido também como mirante/atração turística mesmo.

.

.

Picalagartos. Dividido em dois andares – Sky Bar & Restaurant – este rooftop animado fica no topo do hotel NH Collection Gran Vía, dentro do icônico edifício neobarroco Gran Vía 21. Localizado no oitavo e no nono andar do hotel, tem vistas lindas para Madri. No nono andar fica o animadíssimo rooftop, com vários cantinhos diferentes no terraço que ganha ares festivos à noite. No oitavo andar funciona um pequeno restaurante com pratos bastante criativos e parede principal de vidro para ninguém perder a vista durante a refeição. O restaurante à noite fica bastante cheio, com mesas bastante próximas umas das outras, em ambiente totalmente fechado; melhor ir durante o dia – nos dias de tempo bom as janelas de vidro e o teto retrátil são abertos, tornando o ambiente mais seguro nesses tempos.

.

WXYZ Madrid. O rooftop do hotel Aloft Gran Vía tem uma vista linda da porção madrileña chamada de “Madrid de los Austrias”. O bar é bastante simples e vale mais pedir uma cerveja ou uma taça de cava do que um coquetel de fato (mas umas croquetas para acompanhar são bem vindas, é claro). Ainda que pequeno, conta com dois ambientes com mesas altas de bar, mesas de restaurante, pufes e até espreguiçadeiras ao redor de uma piscina. A grande pedida é chegar no final da tarde para ver o sol se por ali bem em frente, que a vista é mesmo bem bonita.

.

Casa Suécia. Instalado no topo da icônica Casa de Suecia de Madri (hoje ocupada pelo hotel NH Collection Madrid Suecia), este rooftop é dividido nos andares 11 e 12 do edifício. No décimo primeiro fica o bar, o grande terraço e os espaços mais charmosos do local; no décimo segundo, diversas mesas, cadeiras e pufes se amontoam em um espaço bem pequeno, mas com vista panorâmica mais desobstruída. Abre todos os dias a partir das 12h30, mas pode cobrar consumação mínima ou entrada após 18h30, dependendo da programação do local (algumas noites contam com DJs).

ACOMPANHE A @MARICAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

.

VEJA TAMBÉM Comer bem e barato em Madri

LEIA MAIS sobre viagens a Madri em geral

.

.

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.