Pipa ganhou mais charme e sustentabilidade com o Filha da Lua

Pipa ganhou mais charme e sustentabilidade com o Filha da Lua

Mari Campos

23 de maio de 2022 | 09h04

No final do ano passado, Pipa ganhou mais charme e sustentabilidade com o Filha da Lua. Foi bem nessa época, em plena pandemia, que foi inaugurado este belíssimo ecolodge, bem de frente para a Praia das Minas, mudando definitivamente o cenário hoteleiro na região da queridinha do turismo de luxo no Rio Grande do Norte.

ACOMPANHE A @MARICAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

A propriedade, espalhada em uma enorme área protegida frente ao mar, com apenas 17 suítes instaladas em charmosos bangalôs, troxe também o primeiro restaurante 100% glúten free e lactose free do Rio Grande do Norte. As suítes, extremamente românticas, confortáveis e espaçosas, ficam rodeadas de verde e a poucos passos do mar – com direito a imensas varandas (as que estão instaladas no segundo andar dos bangalôs valem o upgrade, porque contam ainda com banheiros ao ar livre, cama com dossel e área para refeições).

Mas, muito mais importante que isso, o Filha da Lua realmente leva a sério o conceito de sustentabilidade na hotelaria e vem mudando para melhor o destino como um todo.

CONFIRA TAMBÉM: Novos hotéis para ficar de olho em 2022

.

.

Ecolodge verdadeiramente sustentável

Enquanto tantas propriedades hoteleiras, no Brasil e no exterior, insistem em greenwashing e naquele papinho manjado de “não troque suas toalhas todos os dias”, o Filha da Lua nasceu realmente focado em promover o turismo sustentável em cada passo, da construção do lodge ao seu funcionamento cotidiano.

O casal belga Inga e Frederic D’Ansembourg fez questão de construir a propriedade – localizada em área protegida – com madeira de eucalipto de reflorestamento, com acomodações erguidas sobre palafitas para interferir o mínimo possível na delicada e complexa geografia local. E o exercício da sustentabilidade na hotelaria acontece ali diariamente, seja através do uso de energia solar, da estação de lixo 100% ecológica que criaram, das amenidades sustentáveis nas suítes ou da eliminação completa de plásticos e produtos de limpeza perigosos/danosos em todo o lodge.

Os hóspedes são estimulados o tempo todo a fazer parte dessa corrente – que está mudando, pouco a pouco, a cara de parte importante da cena hoteleira local. Além disso, o Filha da Lua tem menu 100% gluten free e lactose free, com alimentação preparada através de produtos adquiridos de pequenos produtores locais ou produzidos por sua própria horta orgânica – além do cultivo orgânico da Fazenda PachaMamma, também criada pelos proprietários do lodge, que promove cultivo regenerativo de ervas, frutas, legumes e verduras através de sistemas agroflorestais e permacultura.

Mas o maior diferencial, a meu ver, está no fato de Inga e Frederic entenderem o que tão poucos proprietários e administradores da indústria da hospitalidade entendem até hoje: que a hotelaria realmente sustentável só é possível se as comunidades do seu entorno estiverem assistidas e integradas ao seu funcionamento.

Eles criaram diferentes projetos sociais em Pipa e região, incluindo as escolas de inglês Hello Pipa/Hello Barra, que fornecem alimentação (com os alimentos orgânicos da Fazenda PachaMamma) e ensinam inglês gratuitamente para crianças, jovens e adultos da região. E desenvolvem uma série de experiências turísticas com membros das comunidades de Pipa e arredores, como a escola de kitesurf Kitemaster Pipa.

LEIA TAMBÉM: Viagens de até US$2 milhões: o novo boom do ultra luxo no turismo.

.

.

Escapada perfeita frente ao mar

O mar está literalmente diante do ecolodge. Muitas das suítes têm vista direta para a Praia das Minas. E é bem ali, diante do Filha da Lua (diárias desde R$850,00 por pessoa), que acontece a emocionante desova das tartarugas marinhas – um privilégio excepcional que hóspedes têm a oportunidade de assistir praticamente de camarote. Tudo muito bom para viajar sozinho, em casal, em amigos, em família.

O farto café da manhã é feito na hora e servido à la carte – no restaurante de frente para o mar ou nas deliciosas varandas das suítes -, repleto de pães, queijos, bolos e outras delícias que nem parecem não levar glúten ou lactose, por uma equipe sempre afinada e muito, muito cálida (dá para ver detalhes dos deliciosos dias que passei ali também nos destaques “Pipa/RN” do meu instagram @maricampos).

O lodge fica a meros 10 minutos de carro do centrinho de Pipa, com seus muitos bares, restaurantes e lojinhas. E é ponto de partida super conveniente para explorar as belas praias e falésias da região a qualquer hora do dia. As noites de lua cheia promovem um verdadeiro espetáculo da natureza por ali.

A propriedade tem ainda duas deliciosas piscinas, academia rodeada de verde, pavilhão de yoga ao ar livre e com vista para  o mar e um mini spa.

CONFIRA mais detalhes e valores do Filha da Lua aqui.

.

.

Para ficar de olho

Vale saber os proprietários do Filha da Lua estão prestes a abrir um segundo hotel na região. O esperado SEMPRE VIVO terá o dobro da capacidade de hóspedes do Filha da Lua, com diferentes tipos de acomodação e focando maior em lifestyle em geral. Também localizado de frente para o mar, o Sempre Vivo deve ser inaugurado agora em julho de 2022.

ACOMPANHE A @MARICAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.