Portugal aguarda Papa Francisco em euforia

Margarida Vaqueiro Lopes

13 Março 2017 | 13h59

No dia em que se celebram quatro anos do pontificado de Jorge Mario Bergoglio, Papa Francisco, em Portugal apressam-se os preparativos para a chegada do Sumo Pontífice. Francisco estará em Fátima para uma viagem relâmpago onde comemorará, junto com milhões de fiéis, o centenário das aparições. Os hotéis estão esgotados há meses e os que ainda têm quartos estão cobrando preços ridículos. Já não há ônibus disponíveis para levar mais peregrinos até ao ‘altar do Mundo’ e ninguém consegue precisar exatamente quantas pessoas são esperadas para a mítica noite de 12 de Maio, no santuário.

A última vez que um Papa esteve em Portugal foi há 7 anos, quando Bento XVI esteve quatro dias no país: passou por Lisboa, Fátima e o Porto. Na época, estima-se que cerca de meio milhão de pessoas participaram na missa que o Papa celebrou no Terreiro do Paço, bem junto do Rio Tejo. Em Fátima, onde junto com os fiéis comemorou o aniversário das aparições, não terão estado mais do que 200 mil pessoas.

No entanto, para esse ano são esperadas muitas mais pessoas. Há quem queira fazer uma comparação direta com a visita do Papa Paulo VI – que há exatamente 50 anos visitou Fátima também nos dias 12 e 13 de Maio – e aponte números estratosféricos que rondam um milhão de pessoas. Já há livros novos editados, bandeirinhas para botar na janela… todos aqueles tarecos que não podem faltar quando a gente fala de um grande evento católico, não é? Tem até hino para a vinda de Francisco, gente!

O que a gente sabe? Que todo o mundo está vindo para Fátima nesses dias. O que a gente não sabe? Como o Santuário vai conseguir acolher todo o mundo. O que a gente quer saber? Que mensagem vai deixar o Papa Francisco, celebrando 4 anos de pontificado, e numa altura em que a Igreja está atravessando várias crises relacionadas com dramas de corrupção, pedofilia, conservadorismo e afins…


A gente aguarda ansiosamente pela visita e até acende uma velinha pelo responsável máximo da Igreja Católica.

Acompanhe no Facebook e no Instagram

© 2017. All Rights Reserved

 

Mais conteúdo sobre:

IgrejaPapa FranciscoPortugal